10 dicas para não cair em fraudes da Black Friday e comprar com segurança

Resumo do texto

  • A Black Friday se aproxima e com ela, os preços baixos e promoções imperdíveis;
  • Veja dicas para não cair em fraudes da Black Friday;
  • Aproveite o super app para realizar compras com mais segurança.

Baixe grátis o super app e abra uma conta PagBank!

 

Em 2020, a Black Friday movimentou R$ 4 bilhões em vendas online, reforçado que ela se tornou uma das principais datas do varejo no Brasil

Neste ano o cenário não deve ser diferente, mas para aproveitar os descontos, promoções e não ter dor de cabeça é preciso ficar atento às dicas de segurança. Afinal, no fim de ano os golpes se tornam frequentes.

Para que você não caia em ciladas, preparamos 10 dicas para te deixar longe das fraudes da Black Friday, confira.

Fraudes da Black Friday: saiba como aproveitar os melhores descontos

Nos últimos anos, muitas lojas aumentaram o preço dos produtos na véspera para oferecer “descontos agressivos” durante a Black Friday. É como se o cliente estivesse pagando a metade do dobro.

A “estratégia” rendeu à data o apelido de Black Fraude. Com as novas possibilidades de venda, os golpes também mudaram e, atualmente, é preciso ter cuidado com e-mails suspeitos, links de pagamento no Whatsapp e, até mesmo, uso do Pix de forma criminosa.

Mas é claro que existem empresas sérias que respeitam o cliente e oferecem descontos reais. Diante disso, pesquise os preços e tenha cuidado:

1. Acompanhe a evolução de preço dos produtos

Em primeiro lugar, faça uma lista dos produtos e presentes que pretende comprar nessa Black Friday. Acompanhe os preços para ter uma ideia de quanto ele vale no mercado.

Tire prints dos valores para conferir se terá aumento significativo nas vésperas da Black Friday. E, se esse for o caso, não pense duas vezes. Denuncie a loja!

2. Desconfie de valores muito baixos

A grande vantagem da Black Friday são os descontos, essa é a missão da data. Porém, nem tudo que reluz é ouro.

Desconfie se dias antes da Black Friday o produto que custava R$ 200 estiver por R$ 40, ele pode ser de segunda mão ou, até mesmo, a loja não existir.

Outro cenário comum são os descontos falsos. Por exemplo: você sabe que o custo médio de um determinado produto é de R$ 100, dias antes da data a empresa aumenta o valor do item para R$ 150. E então, na Black Friday, a mercadoria custa R$ 99.

A empresa aplicou descontos relevantes no item? Não! Ela fez uma jogada para enganar o cliente.

Por isso, desconfiar é o primeiro passo para evitar fraudes em compras pela internet.

3. Tome cuidado com o parcelamento

Além dos valores extremamente baixos, o parcelamento também merece atenção. O produto que você quer possui um preço bacana e ainda pode parcelar em 10x? Talvez seja bom demais para ser verdade.

Verifique o valor das parcelas e confira quanto será pago no final. Muitas vezes, o acréscimo é tão grande que a compra não vale a pena.

4. Leia os comentários e avaliações

Uma das vantagens das compras online é contar com avaliações e comentários de pessoas que já compraram aquele produto. Então, evite fraudes em compras pela internet conferindo as opiniões dos clientes.

Caso o site não possua essa opção, pesquise nas redes sociais sobre o produto ou loja para avaliar os comentários.

5. Pesquise sobre a loja antes de comprar

Na hora de se proteger contra as fraudes da Black Friday, pesquise sobre a loja que pretende comprar para garantir a segurança da transação.

Identifique um site seguro

Para identificar se o site da compra é seguro, separamos três itens que irão ajudar:

  • Certificado SSL: esse certificado é adquirido pelo site e protege as informações trocadas entre o visitante e o site. Para verificar sua existência, verifique o cadeado na barra de endereço ou a existência do HTTPS antes do nome do site;
  • Reclame Aqui: o ReclameAQUI é uma boa fonte de informações. Eles possuem, inclusive, um trabalho especial para reconhecer as lojas que praticam fraudes na Black Friday;
  • Sitelock: o Sitelock ajuda a garantir a segurança do site. Ele faz uma varredura nos arquivos garantindo que não existe nenhuma espécie de vírus ou malware.

6. Preze pela segurança na hora da compra

Para que as compras de Black Friday sejam um sucesso, fique atento aos anúncios falsos com links duvidosos ou sites desconhecidos.

Além disso, e-mails que não são dos seus contatos podem representar grande risco. Evite clicar em mensagens de remetentes que não conhece, isso é importante para evitar fraudes em compras pela internet.

E, como já dissemos, é preciso estar atento a grandes descontos, que podem representar um golpe ou produto de segunda mão.

7. Desconfie de sorteios suspeitos

Toda mensagem desconhecida que você receber deve ser considerada suspeita em tempos de Black Friday. Algo que pode chamar sua atenção são os sorteios que prometem prêmios bacanas de ganhar, como um celular ou eletrodoméstico.

Se você receber pelo WhatsApp um link de sorteio pedindo seus dados para poder participar, pode ser uma fraude para acessar seus dados e usá-los de uma forma não autorizada. Cuidado!

8. Cuidado com e-mails promocionais

Desconfie de e-mails oferecendo valores muito baixos ou produtos que não são do seu interesse. Essas mensagens podem ser golpe. Alguns desses links levam a lojas fantasmas, montadas apenas para enganar o usuário simulando as compras pela internet.

Além disso, esses e-mails podem trazer arquivos maliciosos para o computador de quem clica, são vírus que colhem informações pessoais e podem gerar prejuízos e dor de cabeça. Cuidado com essas mensagens e não clique antes de verificar o remetente.

9. Fique atento aos golpes do Pix

Tenha cuidado com os pagamentos imediatos, principalmente se não tiver a confirmação da mercadoria. Tenha certeza de que o pagamento pelo Pix seja uma opção oferecida por lojas da sua confiança.

Os golpistas podem fazer a clonagem do WhatsApp de uma loja que você já comprou e entrar em contato fazendo cobranças. Desconfie também de lojas online com grandes descontos em que é possível pagar pelo Pix usando um QR Code, tudo pode ser falso.

10. Opte por um cartão virtual

Para evitar fraudes em compras pela internet, utilize o cartão virtual. A vantagem dessa modalidade é a poder cancelar o cartão após o uso, garantindo segurança com o uso único.

Ele também pode ser bloqueado e desbloqueado facilmente. O usuário realiza a compra e, logo depois, bloqueia o cartão.

Na conta digital grátis do PagSeguro você pode ativar o cartão virtual em apenas 4 passos. Confira pelo vídeo:

Preencha o quiz #PagTeAjuda e saiba como cuidar do seu dinheiro neste fim de ano!

Preparamos um quiz para você saber tudo que precisa para fazer as melhores compras de Natal e Ano Novo. Acesse o link, responda 5 perguntinhas rápidas e receba conteúdos e materiais imperdíveis para aproveitar as melhores oportunidades.

Caiu em fraudes da Black Friday, e agora?

Mesmo com vários cuidados, é possível cair em fraudes da Black Friday. Por isso, esteja pronto para lidar com esses problemas. Caso aconteça, faça um boletim de ocorrência com prints que registrem o ocorrido.

Além das dicas que preparamos para aproveitar ao máximo os descontos, no super app PagBank é possível criar seu cartão virtual de forma rápida. Assim, suas compras na Black Friday serão mais seguras. Conte ainda com:

Baixe grátis o super app e abra uma conta PagBank!