IPVA atrasado? Veja se o seu nome está na dívida ativa e saiba como resolver

Resumo do texto

  • IPVA atrasado pode levar ao cadastro na dívida ativa e sujar o seu nome;
  • Aprenda a consultar a sua situação;
  • Veja como pagar a dívida à vista ou parcelado.

Pague o IPVA no super app PagBank!

 

Para quem é dono de veículo, sabe que todo início de ano precisa se atentar com o IPVA. O Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores é pago para o estado onde o veículo está registrado e é calculado com base no preço do carro na tabela FIPE.

Em 2022, o imposto está um pouco mais caro para o bolso do cidadão, porque o valor base dos carros usados aumentou e influenciou diretamente no preço do IPVA.

Com a responsabilidade de pagar diferentes taxas e impostos no início de ano, alguns proprietários não conseguem arcar com a despesa e ficam com o IPVA atrasado. 

Se isso aconteceu com você, fique ligado, pois esse atraso acaba gerando um cadastro na dívida ativa. Veja neste texto como consultar a sua situação e resolver esse problema.

Artigos que podem ser do seu interesse: 

IPVA atrasado: como saber se tenho uma dívida ativa?

Ter uma dívida ativa significa que você está devendo a algum órgão federal, ou seja, é quando você deixa de pagar alguma taxa ou imposto e fica em dívida com a União. No caso do IPVA em atraso, ele pode se transformar em uma dívida ativa. 

Para saber se você está na lista de devedores do governo, é possível fazer a consulta através do site da Secretaria da Fazenda. Normalmente, o órgão que você está devendo entrará em contato, mas se isso não acontecer, faça a consulta online.

Se eu não pagar o IPVA, o que acontece?

Se você não conseguir pagar o imposto em dia, terá que lidar com algumas consequências. São elas:

Pagamento de multa

O atraso no pagamento do IPVA não gera multa, mas a cobrança de 0,33% de juro ao dia após o vencimento. Depois dos 60 dias de atraso, é cobrado juro fixo de 20% em cima do valor do imposto + taxa Selic.

Após 90 dias sem o pagamento, o cidadão entra para a dívida ativa e os juros passam a ser de 40% + gastos com o processo judicial.

Proibição de fazer o licenciamento

Além dos juros no pagamento, o proprietário não consegue fazer a renovação anual e obrigatória do documento do veículo, o Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV).

Apreensão do veículo

Sem o registro do carro em dia, o proprietário fica proibido de usar o veículo. Caso ele seja flagrado usando o automóvel com o documento irregular, vai receber uma multa gravíssima no valor de R$293,47 e terá o carro apreendido.

A apreensão leva o carro para um pátio do Detran, onde uma diária deve ser paga, e só poderá ser retirado após o pagamento de todas as taxas devidas, causando ainda mais custos e problemas para o proprietário.

Nome sujo

Por fim, se o IPVA atrasado não for pago, o contribuinte será cadastrado na dívida ativa, ficando com o nome sujo e o valor cresce 1% ao mês. Fique atento, em alguns casos, os bens da pessoa são usados para quitar a dívida.

Como consultar a dívida ativa de IPVA?

Se você quer saber se está no cadastro da dívida ativa por causa do IPVA atrasado, acesse o site da Secretaria da Fazenda do estado e pesquise diretamente na área referente ao imposto.

Na seção sobre o IPVA, você vai encontrar a opção de “consulta de dívida ativa IPVA”. Basta ter o CPF do proprietário e os dados do carro (placa e Renavam).

Lembrando que é preciso acessar o site da Secretaria da Fazendo do estado. Para isso, pesquise por “secretaria da fazenda + (UF do estado)”.

Como pagar a dívida ativa de IPVA?

Para os motoristas que estão com o imposto atrasado, é possível regularizar através do site da Secretaria da Fazenda. Siga o passo a passo:

  1. acesse o site da Secretaria da Fazenda do estado onde o carro está registrado;
  2. acesse a área sobre IPVA;
  3. procure por “Consulta de débitos”;
  4. faça a emissão da Guia de Recolhimento de Débitos (GRD) e realize o pagamento.

Como funciona o parcelamento da dívida do IPVA?

Se você está procurando quitar suas dívidas, parcelar o IPVA atrasado é uma boa opção. Seguindo o passo a passo apresentado logo acima, na hora de emitir a GRD, é possível escolher pelo pagamento integral ou parcelado, com juros.

Em alguns estados, pode ser que você tenha que ir até a sede da Secretaria da Fazenda para fazer o parcelamento da dívida ou fazer a negociação diretamente com um atendente.

IPVA atrasado: é melhor pagar à vista ou parcelado?

Quitar as dívidas pode ser o seu objetivo para o início do ano. Caso você tenha o dinheiro em mãos, o pagamento à vista pode ser a sua escolha, devido a descontos que variam com a data do pagamento e podem chegar aos 9%.

Porém, se não tem esse dinheiro separado, não tem problema. Use a opção de parcelar a dívida de IPVA para que o pagamento não  prejudique o seu orçamento anual.

IPVA em atraso e dívida ativa: fique atento!

Se ainda não pagou o Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), fique atento:

  • não pagar o IPVA gera cobrança de juros diário e o motorista não consegue fazer a renovação do documento do carro, que é obrigatória;
  • se for pego com o documento do veículo irregular, o motorista tem o carro apreendido e vai pagar multa gravíssima, além dos custos do pátio do Detran;
  • após 90 dias de atraso no pagamento do IPVA, o proprietário é inscrito na dívida ativa da União;
  • para consultar o valor devido e emitir a GRD é preciso acessar o site da Secretaria da Fazenda do seu estado;
  • é possível fazer o pagamento à vista ou parcelado. Veja qual se adequa melhor ao seu planejamento financeiro.

Se você é de São Paulo, fique atento e veja as mudanças no IPVA 2022 SP.

Pague o IPVA no super app PagBank!