Veja o que mudou nos países que começaram a usar o Open Banking

Resumo do texto

  • Entenda como o Open Banking surgiu;
  • Confira como aconteceu a evolução em outros países;
  • Conheça um banco digital gratuito que fará parte deste sistema.

Baixe agora o super app e abra uma conta!

 

O Open Banking no mundo tem cerca de três anos e foi criado para oferecer melhorias em um sistema presente na vida de todos: o financeiro.

Em 2021 o Brasil começa a desenvolver o seu sistema e busca aprendizados de países que já estão experimentando esta novidade que, além de promover o compartilhamento de informações dos clientes entre as instituições financeiras, faz com que mais dados, produtos e serviços façam parte deste ecossistema.

Saiba mais sobre como se deu essa evolução digital no setor bancário.

Open Banking no mundo: entenda como surgiu

O Open Banking no mundo surgiu na Europa e o Reino Unido foi o primeiro país a adotá-lo.

Iniciou com a ideia de pagamento integrado (como é o Pix no Brasil) e evoluiu para ações que buscam padronizar a comunicação entre instituições em todo o sistema financeiro.

Países como Estados Unidos e Japão ajudaram a dar confiança à ideia e hoje o modelo é estudado em muitos outros países.

De onde surgiu a necessidade de desenvolver?

O sistema surgiu com a necessidade de incentivo a um ambiente financeiro mais padronizado, inovador e com oferta de melhores produtos e serviços, que atendam os clientes de forma personalizada.

O compartilhamento de dados criado pelo Open Banking tem por objetivo promover essa mudança no sistema financeiro. Mas tudo isso só acontecerá com a participação e autorização expressa da população.

Como toda inovação, o sistema foi evoluindo ao ser implementado nos países, veja quais deles se destacaram no mundo:

  • Reino Unido: Adotou o Open Banking em 2018 e o sistema de lá é considerado referência. Atende mais de 3 milhões de clientes e são realizados: compartilhamento de dados e produtos, iniciação de pagamentos e transferências entre contas;
  • Austrália: Começou a ser implementado em 2019 e tem um foco mais exclusivo nos clientes: com o sistema é feito o compartilhamento de informações como cartão de crédito, conta bancária, financiamento, empréstimo e outros;
  • Singapura: Este foi o primeiro país da Ásia a utilizar o Open Banking, abrindo as portas para o sistema também em 2018. O sistema se beneficia pelo fato de a região possuir uma característica bastante digital e tecnológica.

O Open Banking tem relação com o Pix?

Tanto o Pix quanto o Open Banking no Brasil são regulados pelo Banco Central, mas são coisas diferentes.

O Pix é uma modalidade de pagamento instantâneo, já o Open Banking é uma reunião de normas que vão afetar o sistema financeiro como um todo.

Eles são ações de inovação que foram pensados em um mesmo momento e podem se complementar, mas não estão interligados.

O Pix teve boa aceitação desde que foi lançado em 2020, o que gera expectativas quanto ao desenvolvimento do sistema aberto no país.

Conte com um banco digital e gratuito

Com o PagBank  você já sabe que pode contar com ajuda para melhorar sua vida financeira e a gestão do negócio, tudo pelo celular, sem precisar ir a lugar nenhum. Não fique de fora, saiba mais sobre as vantagens que o PagBank oferece:

Baixe agora o super app e abra uma conta!