Resumo do texto

  • Já ficou na dúvida sobre comprar e vender à vista ou parcelado?
  • Já pensou quais são as vantagens e desvantagens para você e para seu cliente?
  • Chega de dúvidas! Descubra os pontos altos e baixos do pagamento à vista e do parcelamento.

 

Uma dúvida bem comum entre lojistas e prestadores de serviços envolve as vendas à vista e parceladas. Alguns acreditam que vendas parceladas só atrapalham, e que vender à vista é o caminho certo; enquanto outros pensam que vender parcelado é a chave para vender mais.

A verdade é que as duas formas de vender apresentam vantagens e desvantagens, e é isso o que queremos discutir no post de hoje. Prepara-se para descobrir mais sobre o que as vendas parceladas e à vista trazem de bom e de ruim para as finanças do seu negócio!

Vender à vista

Mesmo com as facilidades de parcelar valores, muitos consumidores ainda preferem pagar suas compras à vista. De acordo com levantamento feito pelo Webshoppers, que analisou informações de compras na internet em 2019, a maioria dos pagamentos com cartão de crédito foram feitos à vista e geraram um ticket médio (que é o valor médio de consumo dos clientes) de R$338.

Esses dados apresentam um comportamento do consumidor brasileiro, que prefere usar o cartão de crédito para pagar depois, porém, dependendo do valor, prefere pagar tudo de uma só vez. 

O impacto da venda à vista para os lojistas

O pagamento à vista traz vantagens interessantes, tanto para os clientes quanto para os lojistas.

Para quem vende, o maior benefício é o receber o dinheiro da venda na hora. Mesmo quando o pagamento é feito via cartão (na opção débito, neste caso), o recebimento é rápido, e isso significa mais dinheiro no caixa.

Por isso, vender à vista é vantajoso para quitar dívidas, pagar os fornecedores de imediato e fazer melhorias no seu negócio — seja a compra de um novo equipamento ou a pintura da fachada.

Outro ponto importante envolve as taxas. As vendas feitas no cartão têm taxas que variam de acordo com a opção de pagamento do cliente. Vendas à vista no débito possuem as menores taxas, vendas à vista no crédito ficam em segundo lugar e, por fim, vêm as vendas parceladas, que apresentam taxas maiores, diluídas nas parcelas.

Com o PagVendas você consegue verificar certinho quanto vai receber em cada uma das opções. Clique aqui e use a calculadora de recebimento para verificar como é mais vantajoso (em termos de valores) vender à vista.

E se você quer começar a vender à vista usando cartão, venha conhecer os modelos de maquininhas. Quem vende à vista usando as maquininhas PagSeguro recebe o dinheiro da venda na hora (que é creditada na sua conta no PagBank).

E se você ainda não usa nossas maquininhas, saiba que elas estão com as taxas zeradas nos três primeiros meses, tanto para débito quanto para crédito nas compras à vista!

Pontos negativos

Apesar de trazer boas vantagens para os empreendedores, é importante saber que ter mais dinheiro em caixa em menos tempo vai exigir mais planejamento para uso desse dinheiro, especialmente para que não faltem recursos para os compromissos financeiros dos próximos meses.

Os impactos da venda à vista para os consumidores

Começamos com uma vantagem simples. O consumidor que paga à vista tem a possibilidade de não levar dívidas de compras para o orçamento do mês seguinte.

Além de não acumular pagamentos ao longo dos meses — o que é especialmente vantajoso para quem é profissional autônomo ou não tem uma renda fixa — a venda à vista significa uma oportunidade de pedir um desconto.

Esse hábito de pechinchar é bem comum, aliás, alguns clientes se tornam fiéis às lojas e empresas que negociam e dão descontos. Afinal, a pechincha também é uma oportunidade de aproximação!

Os descontos para vendas à vista antes eram proibidos, porém, a  lei nº 13.455/17 determinou que é totalmente legal oferecer descontos para estimular o pagamento em uma única parcela, o que não é permitido é dar desconto para pagamento no dinheiro e não conceder o mesmo preço para pagamentos com cartão de débito.

Pontos negativos

Para os consumidores, o principal ponto negativo é o maior desfalque financeiro. Comprar à vista exige gastar mais dinheiro do seu orçamento mensal, então, é fundamental ter um certo planejamento financeiro para não comprometer demais a renda.

Vender parcelado

As vendas parceladas surgiram para aliviar o bolso das pessoas, especialmente quando é preciso comprar algo mais caro.

Dividir o valor e pagar mês a mês é um grande benefício oferecido aqui no Brasil — sim, não é em todos os países que existe esse hábito de compras parceladas. Ele serve para atrair mais clientes para compras, já que somos muito impactados pelos baixos valores das parcelas em relação ao total do produto.

Os impactos da venda parcelada para os lojistas

Na rotina dos lojistas, o pagamento a prazo é um grande atrativo para convencer pessoas a consumir.

Em termos de ticket médio — considerando os mesmos dados do Webshoppers — é importante analisar que o valor médio de vendas em poucas parcelas é mais baixo que o das vendas à vista:

  1. O ticket médio à vista foi de R$338;
  2. O ticket das vendas em 2 ou 3 parcelas foi de R$215;
  3. Vendas em 4 ou mais parcelas, o ticket é de R$682.

Isso significa que o parcelamento atrai pessoas, especialmente se o seu negócio vende itens ou serviços mais caros. Certos produtos podem pesar demais para o seu cliente pagar em uma única parcela, porém, esses mesmos itens ficam mais atraentes quando vendidos e divulgados com vendas a prazo.

E junto com tudo isso, a venda parcelada estimula a vender mais, já que as pessoas podem se animar e adicionar mais itens em suas compras e parcelar tudo de uma vez só.

Atenção: é importante ficar de olho nos dias que você recebe pelas vendas. No PagSeguro, os prazos para recebimento dos valores do crédito são:

  1. Na hora;
  2. Em 14 dias;
  3. Em 30 dias.

Você é quem escolhe como receber e quando receber! Quer saber como parcelar suas vendas usando PagSeguro? É só clicar aqui para descobrir todas as etapas do processo! 

Pontos negativos

Se você quer vender em parcelas de forma segura e sem risco de calotes, o ideal é usar um meio de pagamento como as maquininhas que aceitam cartão de crédito. Vender só na base da confiança é muito arriscado, além de ser muito difícil para controlar os valores que estão em abertos, portanto, fica a dica: para vender parcelado, aposte nas maquininhas.

Quer descobrir qual é o melhor modelo de maquininha para o seu negócio? Então, não deixe de conferir o nosso quiz para entender de vez qual modelo será a sua parceira nas vendas parcelas e à vista usando cartão!

Também é preciso ter atenção com as taxas. Como falado lá na parte das vendas à vista, as taxas cobradas nas transações parceladas são diferentes, isso significa que o valor final que você recebe é diferente.

Mas, calma, as perdas não são tão grandes assim, aqui no PagSeguro, por exemplo, temos boas taxas para você viabilizar as vendas a prazo. E você pode conferir tudo sobre as maquininhas e aqui!

Agora, antes de descobrir os pontos altos e baixos para os clientes, aqui vai uma dica importante: nas vendas online, parcelar é essencial, portanto, é preciso ter isso em mente para trabalhar na internet. E se você ainda não tem sua loja virtual, veja como o PagVendas resolve esse problema! 

Os impactos da venda parcelada para os consumidores

Para os consumidores, as compras parceladas oferecem a possibilidade de diluir um valor alto ao longo dos meses, e isso representa menos aperto financeiro para fazer compras.

Outro ponto interessante é a possibilidade de parcelar no cartão e, com isso, garantir pontos em clubes de descontos e até milhas para realizar viagens. Porém, esse tipo de serviço não é utilizado pela grande maioria das pessoas.

Pontos negativos

Como fatores negativos, é importante destacar que a venda a prazo só é prática para quem tem cartão de crédito, e nem todo estabelecimento consegue criar um crediário para as pessoas comprarem com parcelamento usando boletos.

Outro ponto a se pensar são as dívidas mensais. Muitas compras parceladas podem comprometer seu orçamento mensal, portanto, é preciso uma certa disciplina para não se enrolar com dívidas.

Vendo à vista ou parcelado?

Vamos concentrar todas as informações aqui em uma tabela para facilitar a sua vida:

Para o lojista

Venda à vista Venda parcelada
Dinheiro na mão em menos tempo X X
Mais atraente para o consumidor X
Melhor ticket médio X
Menores taxas X

Para o cliente

Venda à vista Venda parcelada
Menor impacto no orçamento a curto prazo X
Menor impacto no orçamento a longo prazo X
Acúmulo de pontos e vantagens X
Possibilidade de desconto X

 

Qual é a melhor opção?

Como você pôde ver nas tabelas, as vantagens e desvantagens estão bem equilibradas. Isso significa que as duas formas de vender são boas, tanto para clientes quanto para os lojistas. Esse equilíbrio explica porque tantas empresas adotam as duas formas de pagamento.

Para o seu negócio, a estratégia não pode ser diferente: ofereça compras parceladas para quem quer parcelar e mantenha a venda à vista sempre como uma opção, se possível, com um descontinho para estimular as pessoas. 

Ofereça mais opções de pagamento para seus clientes

Nós temos muito mais do que as melhores maquininhas do mercado para te oferecer. Aqui você encontra ferramentas de pagamento simples de usar e que vão agregar muito mais valor ao seu negócio, veja só:

  1. O Link de Pagamento tem as menores taxas do mercado, o valor cai em até 2 dias e você pode vender com muita rapidez usando apps de mensagem, como o WhatsApp;
  2. O QR Code revoluciona os pagamentos à vista, oferecendo aos seus clientes que tem conta no PagBank a possibilidade de receber 10% do valor da compra de volta;
  3. O PagVendas facilita o controle total da sua empresa, desde os contatos de clientes até as formas de pagamento. 

Esse é o nosso jeito de colaborar com o crescimento dos resultados do seu negócio: oferecendo o que há de melhor e mais moderno para você e para seus clientes!

Mas não se esqueça que tudo começa abrindo sua conta no PagSeguro.

Clique aqui e baixe o super app grátis!