Cotação de frete: saiba como fazer e economizar

Resumo do texto

  • Veja quais são os tipos de frete e quando devem ser usados;
  • Saiba o que pode influenciar no preço do transporte;
  • Descubra como fazer a cotação de frete com os Correios.

Conheça o Envio Fácil!

 

Na hora de enviar produtos, é preciso ter um serviço que vai proteger o item e fazer a entrega com rapidez e eficiência por um valor justo.

Para ter tudo isso, a etapa de cotação de frete é muito importante, pois é nela que você vai descobrir se a empresa de transporte te dá o que é necessário. Veja como não errar nessa.

Boa leitura!

Como fazer cotação do frete?

Seja em uma empresa de frete ou nos Correios, o preço da entrega depende de fatores e condições específicas. Veja quais são e como elas influenciam na cotação.

O mais importante na hora de fazer essa tarefa é ficar atento a itens como:

  • tempo de entrega;
  • custo do frete;
  • possibilidade de contratar um seguro;
  • área de cobertura.

Sabendo disso, é preciso ter todas as informações que vão estar presentes na cotação de frete.

Tipos de frete

Na hora de fazer a contratação do frete com uma transportadora normal, existem três tipos diferentes:

Por tipo de contratação

Quando o foco é na relação da marca com o produto a ser entregue, podendo ser:

Normal ou direto

A empresa busca o produto no endereço do remetente e leva até o destinatário. Não precisando de trocas de rotas ou companhias, por isso é chamada de direta.

Subcontratação

Nesse caso, o negócio que foi contratado para fazer o transporte utiliza outro para realizar o frete. Com essa opção, é possível encontrar preços mais baixos, devido à cotação com diferentes empresas.

Redespacho

Esse serviço é parecido com a subcontratação, mas a transportadora leva o produto até um certo ponto e depois solicita a um parceiro que a entrega seja finalizada.

Por responsabilidade do frete

São duas formas de lidar com a responsabilidade sobre o produto entregue. Veja quais são:

Frete CIF

Nessa opção o remetente (que envia o pedido) é o responsável pelo seguro e pagamento do frete. Normalmente, o valor é pago na origem, ou seja, na hora que o item é despachado.

Frete FOB

Nesse formato o destinatário (quem recebe o pedido) fica responsável por pagar o valor do frete e do seguro. Esse modelo é usado em caso de vendas para outras empresas. Por exemplo, na compra de matéria-prima, o pagamento do frete pode ser feito separadamente do pagamento ao fornecedor.

Frete de acordo com os diferentes tipos de cargas

Levar um carro para outra cidade é bem diferente de levar um tênis. Por isso, na cotação de frete é preciso levar em consideração a carga.

Carga fechada

É o caso em que a entrega sai do remetente e vai direto para o destinatário. Dessa forma, a cotação vai depender do tamanho do veículo que precisa ser usado para fazer a entrega.

Carga fracionada

Já neste caso, vários pedidos pequenos são colocados juntos em um mesmo transporte e o valor do veículo é dividido entre todos. O preço é baseado na distância, peso dos produtos e o espaço que vai ocupar no caminhão ou moto (no caso de pequenas distâncias).

Variáveis na cotação do frete

Além dos tipos de frete, há duas formas de chegar ao preço final do frete:

Frete por valor

Nessa categoria o preço é calculado de acordo com o valor do produto que está na Nota Fiscal. Quando um produto de alto valor é transportado, o montante a ser pago sobe, mas o item é tratado de forma diferenciada.

Frete por peso

Aqui o peso é quem vai determinar o preço. Porém, se o tamanho ocupado pelo produto for maior que seu peso, o valor será calculado de acordo com o espaço ocupado. Pense, por exemplo, no transporte de algodão: ele é leve, mas ocupa um grande espaço.

Quais são as taxas para prevenção de riscos?

Existem taxas que são cobradas para prevenção de riscos que podem ser relacionados ao armazenamento do produto, dificuldade de entrega ou trajeto perigoso.

Existem duas formas de fazer a cobrança desses riscos:

  • Ad Valorem: esse valor protege as cargas quando não estão em movimento. No Brasil, pode ser cobrado até 0,40% do total das mercadorias;
  • GRIS (Gerenciamento de Risco em Transporte Rodoviário de Cargas): essa taxa é para cobrir ações que previnem roubo de cargas e extravio no trajeto.

Como é feito o cálculo da cotação do frete

O cálculo do valor do frete é feito levando em consideração todos os itens que já apresentamos até aqui. Mas como são muitas variáveis envolvidas, as empresas procuram facilitar esse processo.

Algumas transportadoras utilizam tabelas de preço fixo com valores únicos para certas regiões e determinados tamanhos. Em outros casos, o cálculo é feito a cada nova solicitação de transporte.

Alguns dos fatores que influenciam no cálculo são:

  • local de origem e destino;
  • peso e volume;
  • tipo de carga;
  • impostos;
  • pedágio.

Por ser um serviço tão importante, procure por empresas que consigam oferecer valor competitivo, alcance e segurança. Faça a cotação já pensando na quantidade de itens enviados e no orçamento disponível para essa etapa.

A importância e os benefícios de fazer cotação de frete

Buscar o melhor valor de transporte vai influenciar diretamente na satisfação do cliente e no bolso do empreendedor. É claro que para isso, é preciso aliar preço baixo e um serviço de qualidade.

Para economizar no processo de envio sem perder a qualidade, faça uma pesquisa no mercado e procure o valor de diferentes empresas. Além de encontrar os melhores preços, você ganha poder de negociação, conseguindo melhorar ainda mais a oferta.

E se o serviço entregar a qualidade esperada, procure estabelecer uma relação de parceria com aquele fornecedor. Quanto mais tempo usar a mesma empresa, maior o espaço para conversar sobre valores, prazos e benefícios.

Como fazer cotação de frete nos Correios?

Embora existam muitas transportadoras no mercado, os Correios ainda são uma referência no setor.

O alcance das entregas é maior, chegando aos locais mais distantes.

Por isso, enquanto estiver no processo de cotação de frete, confira o valor com o Envio Fácil, o serviço de entrega do PagSeguro que usa a logística dos Correios com um valor que faz o cliente e o empreendedor ficarem satisfeitos.

Conheça mais sobre o Envio Fácil!