Resumo do texto

  • O IPVA começa a ser cobrado em janeiro, e os motoristas precisam escolher como pagar;
  • Existem opções para pagamento à vista ou parcelado. Descubra como elas funcionam e escolha a sua;
  • Veja como é fácil pagar o IPVA pelo super app PagBank.

Baixe grátis o super app PagBank

 

No mês de janeiro, os DETRANs de todos os Estados do Brasil começam a receber os primeiros pagamentos do IPVA, o Imposto sobre Propriedade de Veículo Automotivo. Todo motorista — salvo algumas exceções que apresentaremos mais adiante — precisa pagar esse imposto, e o pagamento pode ser feito de 3 formas.

A primeira opção é o pagamento integral com desconto, a segunda é o pagamento integral sem desconto e a terceira é o pagamento parcelado (mas sem acréscimo de juros).

Se você ainda não decidiu como vai fazer o pagamento do IPVA do seu veículo, este post é para você. Veja abaixo as vantagens e desvantagens do pagamento à vista ou parcelado. Aproveite e descubra como fazer o pagamento do IPVA com o super app PagBank.

Opções de pagamento do IPVA

Para melhor entender as opções, vamos usar o IPVA cobrado no Estado de São Paulo como exemplo.

Pagamento à vista com desconto

Se optar por fazer o pagamento integral com desconto, que deve ser quitado em janeiro, você recebe 3% de desconto no valor total do IPVA. Para pagar com desconto, é preciso quitar o valor total até a data limite, que varia de acordo com a placa do seu carro, veja a tabela abaixo:

NÚMERO FINAL DA PLACA DO VEÍCULO DATA PARA PAGAMENTO DO VALOR INTEGRAL COM DESCONTO
1 07/01
2 08/01
3 11/01
4 12/01
5 13/01
6 14/01
7 15/01
8 18/01
9 19/01
0 20/01

Pagamento à vista sem desconto

Existe a opção de pagamento integral, mas sem desconto. Nessa modalidade, você não precisa se preocupar com o IPVA em janeiro, assim, você terá um mês a mais para juntar o valor do imposto e quitá-lo em fevereiro.

Essa opção é interessante para quem prefere tirar as dívidas do planejamento financeiro de uma só vez, mas está sem o valor total neste começo de ano. Para fazer esse pagamento, você também precisa ficar atento às datas de vencimento relacionadas com a placa do seu veículo, acompanhe:

NÚMERO FINAL DA PLACA DO VEÍCULO DATA PARA PAGAMENTO DO VALOR INTEGRAL SEM DESCONTO
1 09/02
2 10/02
3 11/02
4 12/02
5 18/02
6 19/02
7 22/02
8 23/02
9 24/02
0 25/02

Pagamento parcelado

Você também tem a opção de parcelar o valor do IPVA. Como se trata de um imposto caro, os DETRANs permitem o parcelamento em até 3 vezes, porém, sem desconto nenhum. Veja como ficam as datas de vencimento das três parcelas:

NÚMERO FINAL DA PLACA DO VEÍCULO DATA DA 1ª PARCELA DATA DA 2ª PARCELA DATA DA
3ª PARCELA
1 07/01 09/02 09/03
2 08/01 10/02 10/03
3 11/01 11/02 11/03
4 12/01 12/02 12/03
5 13/01 18/02 15/03
6 14/01 19/02 16/03
7 15/01 22/02 17/03
8 18/01 23/02 18/03
9 19/01 24/02 19/03
0 20/01 25/02 22/03

 

Pagar o IPVA à vista ou parcelado? Qual opção é melhor?

A melhor resposta depende do seu planejamento financeiro e de quanto você tem em caixa. O IPVA não é um imposto barato, ele leva em consideração o valor do seu veículo e uma alíquota determinada pelo governo do seu estado.

Essa alíquota costuma variar entre 2 e 4 por cento do valor do carro (chamado de valor venal), e se usarmos como média um valor venal de R$ 20 mil (que pode ser considerado baixo), temos então um imposto que varia entre 400 e 800 reais.

Nem sempre você terá o valor integral em conta. Neste caso, o parcelamento é a melhor opção, agora, se você tem essa quantia reservada, o pagamento à vista é mais vantajoso, ainda mais se você aproveitar o pagamento com desconto.

O que muitos especialistas recomendam para quem prefere o pagamento à vista é realizar o seguinte raciocínio:

  1. Veja quanto seu carro vale de acordo com a tabela FIPE (que é a tabela referência para o valor venal);
  2. Pesquise no site do DETRAN do seu estado o valor da alíquota;
  3. Faça o seguinte cálculo: valor do carro x alíquota do seu estado;
  4. Pegue o resultado e divida por 12 para saber quanto você precisa economizar por mês.

Vamos usar o IPVA de São Paulo como exemplo. Digamos que você tem um carro que vale R$ 35 mil segundo a tabela FIPE e vai pagar a alíquota de 4% do estado, logo, o valor do seu IPVA será R$ 1.400,00.

Se você quer pagar o IPVA no começo do ano com desconto de 3%, o valor total do imposto será de R$ 1.358,00. A divisão desse valor por 12 é algo próximo de R$ 117,00, portanto, é só guardar essa quantia todos os meses para pagar o IPVA com desconto sem se apertar no começo do ano.

Viu como o planejamento financeiro é importante? Caso você não faça esse tipo de conta, talvez não seja possível pagar o IPVA à vista. Se o seu objetivo é pagar menos imposto, vale muito a pena fazer um pequeno plano de economia mensal e se preparar.

Eu devo fugir do parcelamento?

Não, na verdade não há problema nenhum em usar a opção com parcelamento. Ela não tem correção de juros e você só paga a mais caso atrase a quitação da parcela.

A escolha pelo parcelamento é feita por muita gente, já que nem todo mundo consegue economizar o valor mensal e porque muitos preferem diluir esse pagamento ao longo dos primeiros meses do ano.

Só não se esqueça de fazer o pagamento das parcelas em dia, caso contrário, você pagará multa e, se for parado pela fiscalização de trânsito, pode ter seu carro apreendido e receber uma multa (considerada gravíssima, com dedução de 7 pontos da CNH).

Como fazer o pagamento do IPVA pelo super app PagBank?

Se você mora e tem seu veículo registrado no Estado de São Paulo, você pode fazer o pagamento do IPVA, seja ele parcelado ou à vista, diretamente pelo super app PagBank.

Para fazer o pagamento do IPVA pelo super app PagBank, primeiro você precisa:

  1. Fazer todas as etapas de segurança do aplicativo para liberar as opções de pagamento e outras transações;
  2. Dentro do menu “Principais”, clique em “Pagar Contas”;
  3. Escolha a opção “Fazer pagamentos no Detran SP”;
  4. Cadastrar as informações do seu veículo;
  5. Conferir se o CPF da conta é o mesmo que consta no documento do veículo (somente o proprietário registrado pode usar o super app para pagamento).

Agora vamos ao pagamento. Primeiro, anote o RENAVAM do seu veículo e siga os passos abaixo:

  1. Digite o RENAVAM, a placa e registre um apelido para o carro (ex: meu carro, carro da empresa, carro da família etc);

2. O veículo foi cadastrado e tudo está pronto para você fazer o pagamento do IPVA pelo super app PagBank;

 

3. Agora você vai escolher como vai pagar (valor integral com desconto, integral sem desconto ou parcelado)

4. Depois de escolher a forma de pagamento, confira o valor e clique em Confirmar pagamento.

Viu como é fácil? Com o super app PagBank você pode quitar o IPVA do seu carro sem se preocupar com filas nas agências bancárias ou casas lotéricas, tudo bem simples e prático, do jeito que você quer e merece.

Mas as vantagens do super app PagBank não acabam por aí. Além do pagamento digital do IPVA, você tem à sua disposição:

  1. Uma conta que rende mais que o dobro da poupança;
  2. Opções para aplicar em CDBs e Fundos de Investimento;
  3. Recarga de celular com cashback;
  4. Cartões internacionais grátis;
  5. TEDs e Pix grátis e ilimitados;
  6. Pagamento de contas em até 12x;
  7. Shopping PagBank com cashback em todas as compras.

Que tal começar 2021 com um banco completo e grátis na palma da sua mão?

Baixe grátis o super app e abra uma conta PagBank