Resumo do texto

  • Siglas como CDB e CDI estão em todo lugar, mas você precisa entender bem as diferenças antes de partir para fazer seus investimentos;
  • Descubra quais são as principais diferenças entre CDB e CDI e saiba como cada uma delas faz parte do universo dos investimentos!

Multiplique seus ganhos com os CDBs PagBank

 

O mundo das finanças é cheio de siglas e termos pouco comuns. Muita gente escuta e lê notícias sobre mercado financeiro e fica sem entender muito, especialmente quando se fala em investimento.

Uma das dúvidas mais comuns envolve as siglas CDB e CDI. O primeiro é um tipo de aplicação em renda fixa enquanto o segundo é o índice usado para calcular o rendimento de um CDB. Os nomes são parecidos e podem gerar confusão, por isso, veja abaixo todas as informações que você precisa saber para entender de vez o que é CDB e o que é CDI.

Mas, antes de começar, já vamos te adiantar que os CDBs PagBank são opções incríveis para quem quer começar a investir (saiba mais sobre os CDBs PagBank aqui).

O que é CDI?

CDI é a sigla de Certificados de Depósitos Interbancários. Eles são, na verdade, empréstimos feitos entre os bancos. E como se trata de algo que só circula entre os bancos, uma pessoa não consegue comprar um CDI.

Neste momento você deve estar pensando “mas se eu não posso comprar um CDI, qual a importância de saber o que ele é?”, a resposta está no seguinte fato: o CDI guia o rendimento do CDB.

Você sabe o por que os bancos emprestam dinheiro entre si? Porque eles são obrigados por lei a encerrar o dia com seu caixa positivo. Se o banco não tem dinheiro para fechar o dia no azul, ele precisa pegar dinheiro emprestado com outros bancos. E a taxa de juros desses empréstimos se chama taxa DI (conhecida popularmente como CDI).

O que é CDB?

CDB é a sigla para Certificado de Depósito Bancário. São títulos emitidos por bancos ou instituições financeiras para captar dinheiro.

O CDB é uma aplicação de renda fixa, isto significa que é possível saber exatamente as condições do rendimento no momento de fazer a aplicação.

Pense da seguinte maneira: quando você aplica em um CDB, você está emprestando seu dinheiro para o banco durante um tempo e recebe juros por esse empréstimo. Esse juros é justamente o rendimento.

Os CDBs PagBank estão todos dentro do super app, confira!

Qual é o tempo de retorno?

Carência é o tempo mínimo que seu dinheiro precisa ficar aplicado no CDB. Depois que a carência acaba, você pode fazer o resgate quando quiser.

Caso você não faça o resgate quando a carência acaba, o dinheiro fica lá investido até que chegue a data de vencimento do CDB. O vencimento é o tempo máximo de aplicação. Após o vencimento, o dinheiro cai automaticamente em sua conta com os rendimentos da sua aplicação.

Os CDBs trabalham com prazo de vencimento que variam entre 30 dias e 5 anos, podendo ter liquidez diária (carência de 1 dia) e até mesmo carência junto com o vencimento.

O CDB é seguro?

Os CDBs são aplicações de renda fixa. Quando você contrata um CDB, dá para saber quanto ele vai render e como esse rendimento é calculado. Não existe o risco de investir em algo que rende hoje e gera prejuízo amanhã, como pode acontecer com as ações.

E junto com a segurança que a própria renda fixa já oferece, existe também a garantia do Fundo Garantidor de Crédito. O FGC é uma entidade privada, sem fins lucrativos, que funciona como um seguro que protege o dinheiro de quem investe.

 

Quer investir em CDB? Conheça os CDBs PagBank

Os CDBs PagBank são perfeitos para quem quer começar a investir! Não é preciso muito para começar a aplicar e nem esperar muito tempo para obter o retorno. E tudo isso com a segurança do FGC e da nossa equipe de tecnologia, que garante que todos os produtos do PagSeguro PagBank usem as melhores ferramentas de proteção de dados.

São várias opções disponíveis para aplicar, confira qual a melhor opção de CDB para você começar a aplicar!

Como funcionam os CDBs PagBank?

O rendimento que você ganha com um CDB é calculado sob a taxa DI, também conhecida como taxa CDI, que é o indicador que serve de base para os cálculos de rendimento dos CDBs.

Os CDBs costumam oferecer rendimentos com porcentagens atrativas e são muito seguros. Mas saiba que cada CDB tem suas condições, e é preciso respeitar uma quantia mínima para começar a aplicar. O valor inicial pode variar bastante, assim como o rendimento. E aqui vai uma dica quente: No PagBank, quanto maior o valor da sua aplicação, melhor o rendimento.

Veja abaixo as rentabilidades, valores mínimos, carências, vencimentos e possibilidade de Cartão de Crédito* de todos os nossos CDBs.

Gostou das possibilidades que o PagBank traz para você? Então, é só clicar aqui para descobrir mais sobre os nosso modelos de CDB e por que eles são uma ótima opção de investimento!

Como investir em um CDB PagBank?

Investir em um CDB PagBank é bem simples:

No caso dos CDBs PagBank, assim que a data do vencimento é atingida, o dinheiro aplicado mais os rendimentos são creditados na conta sua conta.

Todos os CDBs PagBank contam com a garantia do FGC, assim, você não precisa se preocupar nem um segundo sequer com a segurança do seu dinheiro aplicado.

Entendeu a diferença?

Diante de tudo o que pôde ver por aqui, já deu para entender que o CDB é um tipo de investimento e que CDI é o nome dado à taxa que gera o rendimento do CDB. Agora ficou mais fácil pra entender que o CDB é um investimento simples, prático, seguro e com retorno garantido.

Baixe o super app e conheça os CDBs PagBank!

 

 

(*) A oferta ou o aumento do limite do Cartão de Crédito Internacional PagBank está disponível para os clientes pessoa física, que investirem nos CDBs que rendem mais que 103% do CDI e está sujeita a análise de crédito, podendo levar até 10 dias úteis após a aplicação para ser disponibilizada, com o limite de até R$50 mil por CPF.