Como o novo aumento da taxa Selic pode fazer seu dinheiro render mais? Confira!

Resumo do texto

  • Copom anuncia alta da taxa Selic;
  • Saiba como a alta impacta os seus investimentos;
  • Veja como investir e usar o aumento da Selic a seu favor.

 

O Copom (Comitê de Política Monetária) aumentou a taxa Selic de 7,75% para 9,25%. Pela última vez em 2021, o índice foi reajustado.

Se você investe ou pretende colocar o seu dinheiro em renda fixa pós-fixada, como é o caso dos CDBs e Tesouro Selic, essa é uma boa oportunidade. É a hora de fazer seu investimento render ainda mais.

A Selic Subiu pela Última Vez em 2021

Taxa Selic ao longo do ano

A taxa Selic é usada como referência para fazer o cálculo de juros. Ou seja, sempre que há juros aplicados, como em empréstimos e financiamentos, a Selic está envolvida.

Em 2021, a taxa Selic aumentou 7 vezes ao longo do ano. Ou seja, se o seu dinheiro estava aplicado em ativos que se baseiam nessa taxa para ter rendimento, essa foi uma excelente estratégia para ter lucro.

Aumento da taxa Selic: o que isso significa para os investidores?

Investir no CDB é como emprestar dinheiro para os bancos com juros. Já no caso do Tesouro Selic, é como emprestar para o governo, que também paga juros. Como a taxa Selic é usada para calcular os juros, quando ela aumenta, os juros aumentam e o investidor recebe mais.

Os CDBs usam o CDI para calcular o rendimento e o CDI é baseado na Taxa Selic. Assim, além de renderem mais do que a poupança, são ainda mais vantajosos neste momento.

Para quem investe em Tesouro Selic, a lógica é a mesma. Com o aumento da taxa, o rendimento sobe e o investidor tem mais lucro.

Entenda melhor como funciona a relação entre CDI e Selic.

Por que a Selic continua subindo?

Em 2021, o Copom aumentou a taxa Selic para tentar conter a inflação. Essa lógica funciona da seguinte forma:

  1. se a Selic sobe, os investimentos se tornam mais atrativos e as pessoas aplicam mais;
  2. para investir o dinheiro, é normal que o consumo diminua;
  3. com menos gente comprando, os preços acabam caindo para despertar o interesse;
  4. quando os valores diminuem, a tendência é que a inflação caia também.

Em outras palavras, o Banco Central aumenta a Selic para tentar equilibrar o nível dos preços.

Aproveite a alta da Selic com os investimentos PagBank

Se você quer dar mais rentabilidade à sua carteira e investir com segurança, esse é o momento!

Com o super app é possível começar a investir no Tesouro Selic e aproveitar o aumento da taxa para fazer seu dinheiro render ainda mais. Para fazer isso agora, é só seguir o passo a passo:

  1. abra o super app e clique na opção Produtos e Investimentos do menu inicial;
  2. acesse Aplicar meu dinheiro;
  3. escolha a opção Renda Fixa;
  4. confira todas as opções e faça sua escolha;
  5. agora é só clicar em Investir.

Veja as opções de CDBs PagBank disponíveis no super app!

Com o CDB PagBank você tem:

  • rentabilidade durante todo o período do investimento;
  • rendimento maior do que a poupança;
  • investimento;
  • a partir de R$ 1 com possibilidade de resgate diário com rendimento;
  • segurança, tranquilidade e garantia adicional do FGC.

Comece a investir agora através do super app!

“Este canal tem como única intenção fornecer um panorama sobre as diferentes categorias de produtos de investimentos disponíveis no mercado. Os conteúdos não têm o objetivo de oferecer análise de valores mobiliários ou recomendações de investimento, considerando que os produtos apresentados podem não ser adequados aos objetivos, situação financeira ou necessidades individuais de cada usuário. O PagSeguro PagBank se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que decorram da utilização de seu conteúdo, bem como por eventuais informações fornecidas por terceiros, que não expressam a opinião do PagSeguro PagBank. As projeções e preços apresentados estão sujeitos a variações e as informações podem não estar atualizadas no momento exato da consulta do material. Antes de tomar qualquer decisão, é recomendado que o leitor busque orientação financeira independente e leia atentamente os materiais técnicos relativos a cada produto.”