Bovespa e Ibovespa: Quais as diferenças entre os dois?

Resumo do texto

  • Tire as dúvidas sobre as siglas Bovespa e Ibovespa;
  • Saiba o que é Bovespa e sua história;
  • Veja como o Ibovespa funciona.

 

Quem está começando a investir no mercado de ações provavelmente já ouviu os nomes Bovespa e Ibovespa. Apesar de parecidos, e de terem relação direta, eles não são sinônimos.

Resumidamente, um é o antigo nome da Bolsa de Valores, enquanto o outro, serve como sigla do índice de desempenho utilizado nas negociações. Mas, só isso não é o suficiente para entender o que é e começar a investir.

Neste post vamos explicar mais detalhes sobre essas duas palavras e um pouco da história por trás do mercado de ações brasileiro.

Faça a leitura e entenda de uma vez por todas a diferença entre Ibovespa e Bovespa!

Artigos que podem ser do seu interesse:

quais as diferencas entre bovespa ibovespa

Qual a diferença entre Bovespa e Ibovespa?

Ibovespa é o índice da Bolsa, enquanto Bovespa é o antigo nome da B3.

O termo Bovespa está saindo de circulação há algum tempo devido às mudanças no formato da Bolsa de Valores do Brasil e as fusões que aconteceram.

Apesar das mudanças, o nome do índice foi mantido, já que o mercado nacional e internacional estavam acostumados com ele.

Veja um pequeno resumo histórico a seguir.

O que é Bovespa (atual B3)

O nome remete à Bolsa de Valores do Estado de São Paulo, criada em 1890 com o nome de Bolsa Livre. Porém, foi fechada em 1891, reaberta em 1895 como Bolsa de Fundos Públicos de São Paulo e finalmente batizada de Bovespa em 1935.

Nessa época, cada estado poderia ter sua própria bolsa, por isso o nome refere-se a São Paulo. Em 2000, com a unificação de todas as bolsas em uma só, manteve-se o nome Bovespa, já que a “Terra da Garoa” ficou definida como sede, já que possuía a maior parte dos negócios.

Em 2017 tudo mudou, quando a BM&FBovespa se uniu à Cetip (Central de Custódia) para dar origem ao Brasil, Bolsa e Balcão, mais conhecida como B3.

Com essa mudança, o nome Bovespa caiu em desuso e deu  espaço para a nova sigla, que é mais alinhada com uma bolsa de valores que opera de forma nacional. 

O que é Ibovespa?

Agora que você sabe o que é Bovespa, chegou a hora de entender o índice usado nas negociações.

Ibovespa é o Índice da Bolsa de Valores de São Paulo. Seu funcionamento é simples: o sistema mede a performance das ações que mais estão vendendo. 

A carteira do Ibovespa é revista a cada 4 meses para que a Bolsa tenha certeza que ali estão os papéis mais procurados do mercado, que podem representar cerca de 80% do total de negociações da B3.

Os pontos são iguais ao dinheiro, se o Ibovespa chega a 80 mil pontos, significa que a carteira usada no cálculo do índice vale R$ 80 mil.

Quer saber mais sobre o que é Ibovespa e como funcionam outros índices famosos do mercado financeiro? Confira como funciona os índices das Bolsas de Valores

Como está o Ibovespa hoje?

Nossa sugestão é ficar de olho no índice no UOL Economia, onde você acompanha um panorama geral do Ibovespa e também vê as ações que mais subiram ou caíram ao longo do período.

Quer começar a investir? Conheça  os Fundos de investimento do PagBank

Agora que já sabe a diferença entre Bovespa e Ibovespa, fica mais fácil entender o funcionamento do mercado de ações do Brasil, não é mesmo? 

Porém, saiba que investir e administrar ações nem sempre é simples.

Se você não tem muito tempo para analisar, os fundos de investimentos podem ser ideais.

Mas, já existe uma forma simples de diversificar sua carteira de ações sem complicar sua rotina. Quem faz isso por você são os Fundos de Investimento, neste caso, um fundo de ações.

No super app PagBank é possível aplicar em um fundo de ações em poucos cliques e dar início à sua jornada na Bolsa de Valores hoje mesmo! 

Na aba você encontra esse e outros fundos e pode começar a aplicar com apenas R$ 1!

Saiba mais sobre os Fundos de Investimento do super app!

“Este canal tem como única intenção fornecer um panorama sobre as diferentes categorias de produtos de investimentos disponíveis no mercado. Os conteúdos não têm o objetivo de oferecer análise de valores mobiliários ou recomendações de investimento, considerando que os produtos apresentados podem não ser adequados aos objetivos, situação financeira ou necessidades individuais de cada usuário. O PagSeguro PagBank se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que decorram da utilização de seu conteúdo, bem como por eventuais informações fornecidas por terceiros, que não expressam a opinião do PagSeguro PagBank. As projeções e preços apresentados estão sujeitos a variações e as informações podem não estar atualizadas no momento exato da consulta do material. Antes de tomar qualquer decisão, é recomendado que o leitor busque orientação financeira independente e leia atentamente os materiais técnicos relativos a cada produto.”