Fraudes no e-commerce: proteja seu negócio e seus clientes

Resumo do texto

  • Veja como melhorar a segurança no seu e-commerce;
  • Conheça os golpes mais comuns e saiba como se proteger deles;
  • Escolha um checkout transparente e seguro para sua loja.

Conheça os Checkouts PagSeguro!

 

O hábito de comprar online não é uma tendência passageira. Em 2021, os pedidos feitos pela internet aumentaram 20% em um ano. Porém, com esse aumento, cresceram também as fraudes no e-commerce. Foram 74% mais tentativas de 2021 para 2020.

Esses números mostram que o brasileiro quer continuar comprando online, mas precisa se sentir seguro para isso. Então, o seu negócio precisa garantir a tranquilidade que o cliente procura na hora de comprar.

Outros artigos que podem ser do seu interesse:

Veja como Proteger seu E-Commerce de Fraudes

Saiba como garantir a segurança no seu E-commerce!

Investir em segurança no e-commerce é importante para o consumidor, que vai se sentir mais tranquilo ao comprar. Assim como o empreendedor que previne que golpes sejam aplicados e ele saia no prejuízo.

Para aumentar a segurança do site tanto para você quanto para o cliente, veja essas dicas:

Selos de segurança e-commerce (SSL)

Os SSL são responsáveis por incluir aquele cadeado que fica ao lado do site da loja, na barra de endereço. Eles mostram para o cliente que a página possui uma camada extra de segurança e que eles podem colocar seus dados do cartão despreocupados.

Mantenha seu site atualizado

Assim como os aplicativos de celular que precisam ser atualizados de tempos em tempos, isso também acontece com as ferramentas usadas para criar um e-commerce. Quando você não atualiza, a versão antiga pode se tornar uma porta de entrada para hackers.

Dê informações claras para os clientes

Se o objetivo é fazer com que o público se sinta tranquilo ao comprar no seu site e evitar fraudes no e-commerce, quanto mais informações ele tiver sobre o tempo de entrega, política de trocas e formas de pagamento, melhor.

Fique atento à LGPD

A Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) exige que o cliente seja informado como os dados dele serão usados. Por exemplo: “seu e-mail será utilizado para o envio de novos produtos” ou “os dados do cartão não serão armazenados e apenas o meio de pagamento terá acesso a eles.”

E não é só isso. É preciso ter um cuidado extra ao armazenar os dados dos clientes, especialmente quando envolve pagamentos. Para que essas informações fiquem protegidas, crie senhas fortes para acessar o painel de controle e mantenha o antivírus do computador atualizado.

Com essas ações, a segurança no e-commerce ficará maior e seus clientes mais tranquilos.

Proteja seu E-commerce: conheça alguns golpes comuns!

Mesmo com todas as ações para melhorar a segurança da sua loja virtual, tentativas de golpes podem acontecer. Veja as mais comuns e como evitar cair nelas!

Fraudes no geral

A mais clássica é aquela que usa dados comprados no mercado negro da internet. Neste caso, é usado um endereço de caixa postal para dificultar o rastreamento da entrega. 

Como evitar? Procure por métodos de checkout que tenham etapas extras de verificação da compra e invista em sistemas antifraude no seu e-commerce.

Roubo de conta

Neste caso, o criminoso invade uma conta já existente e usa os cartões armazenados nela para fazer as compras. É comum que o endereço de entrega seja atualizado um pouco antes.

Como evitar? Nesse caso a proteção deve partir dos dois lados. Incentive os usuários a criarem senhas fortes na hora do cadastro e, quando fizerem uma compra, comunique todas as etapas por e-mail, assim, se eles não reconhecerem a informação já interrompem o processo.

Compras com cartão clonado

O uso de cartão roubado ou clonado é a fraude mais prejudicial para o lojista. Normalmente, quando a compra chega no extrato do dono do cartão, ele não reconhece a compra e pede o estorno. E então, o empreendedor fica sem o dinheiro e perde o produto.

Como evitar? Aqui, também é importante ter um checkout de pagamento que faça uma verificação mais profunda do pagamento e um sistema antifraude, que identifica e bloqueia atividades suspeitas.

Quer ter mais segurança na sua loja virtual? Conheça o sistema de pagamentos do PagSeguro!

O checkout é aquela tela final do processo de compra. É neste momento que o cliente coloca os dados do cartão e as informações mais sensíveis. Ou seja, é o momento que exige maior segurança!

Com as opções de Checkout PagSeguro, você pode optar entre modelos diferentes, de acordo com o seu objetivo e, em todos eles, ter a segurança que você e seus usuários precisam. Confira no vídeo abaixo qual o Checkout PagSeguro é ideal para sua loja.