Resumo do texto

  • Entenda como funciona a logística de fretes para e-commerce;
  • Saiba como os envios são calculados pelas transportadoras;
  • Confira algumas alternativas para oferecer um frete mais barato aos seus clientes.

Conheça o Envio Fácil!

 

O bom de comprar online é a facilidade de receber na porta de casa, sem esforço algum. Os lojistas, por outro lado, precisam pensar bastante para equilibrar os custos e a qualidade de envio com as expectativas dos clientes.

Sabemos que esta não é uma tarefa fácil, por isso, separamos dicas de como reduzir o valor do frete para e-commerce, confira!

Como funciona o frete para e-commerce?

Tudo começa com a escolha de um ou mais serviços de envio das encomendas, que pode ser feito por uma transportadora parceira ou pelo próprio vendedor.

Quem vende também precisa definir os prazos de entrega e deve planejar uma boa experiência para o cliente, priorizando agilidade e qualidade nas vendas.

E se o valor do frete para e-commerce for baixo melhor ainda! Porque frete caro espanta cliente e faz a loja perder vendas.

Como é calculado o preço de um envio?

O envio pode ser calculado de duas formas, pelo peso ou pelas dimensões (altura x largura x comprimento).

Se a encomenda for pequena, melhor pagar pelo peso do pacote. Se a embalagem for muito pesada é mais vantajoso considerar as dimensões. Os valores dependem da transportadora e você pode negociar para chegar no melhor preço.

Alternativas que você pode usar para reduzir o custo do frete

No frete para e-commerce você pode escolher entre transportadoras, Correios, entrega por delivery e até mesmo retirada na loja.

Confira a seguir algumas dicas para inovar e reduzir os custos no serviço de entrega.

1. Frete Fixo: valor único para tudo

O valor é o mesmo para a entrega de todos os produtos da loja, não importa para qual região são enviados.

Vantagens

  • o cliente sempre saberá quanto custa frete;
  • serve como propaganda, pois não tem surpresas no valor;
  • incentiva mais compras, já que o preço de envio não aumenta.

Para qual negócio é indicado

Todo tipo de negócio pode usar, seja comércio local ou grande empresa. Quem vende itens grandes e pesados deve pensar no assunto, já que o cálculo por peso ou volume deixaria o valor do frete muito alto.

2. Frete por região

Os preços variam de acordo com o local da entrega. O dono do negócio pode utilizar vários tipos de envio e escolher o ideal para cada região, diminuindo o valor do deslocamento e economizando no frete para e-commerce.

Vantagens

  • oferecer entregas mais rápidas para clientes locais;
  • frete mais barato para compras feitas na região;
  • contar com diferentes meios de transporte que atendem mais pessoas.

Para qual negócio é indicado

Ideal para negócios com público local e que desejam contratar serviços de entrega na região. Empresas que trabalham com alimentação são o maior exemplo, pois precisam realizar entregas ágeis.

3. Frete econômico: preço menor, prazo maior

Custa menos para o cliente, mas ele precisa esperar mais. Nos Correios esta modalidade se chama PAC e outras transportadoras também possuem a opção.

Vantagens

  • oferecer a opção mais barata aos clientes;
  • menos expectativa no prazo de entrega;
  • econômico também para o comerciante.

Para qual negócio é indicado

Este frete de e-commerce funciona para todos os tipos de negócio, agrada clientes que não querem gastar muito e não se incomodam em ter que esperar um pouco mais. 

4. Frete por assinatura: cliente fiel paga menos

Nessa opção os clientes fazem uma assinatura para ter frete gratuito. É cobrada uma mensalidade e na hora do envio das mercadorias não é preciso pagar a mais.

Vantagens

  • os compradores voltam para o seu negócio;
  • o comerciante conta com uma mensalidade;
  • o modelo de assinatura pode oferecer outras vantagens a quem participa.

Para qual negócio é indicado

É uma boa escolha para todo tipo de loja online que tem clientes fixos, como restaurantes, pet shops, lojas de produtos de beleza e higiene, etc. 

E o frete grátis?

É o frete de e-commerce que os clientes mais gostam. Mas não se pode zerar o custo de envio para o cliente sem considerar os seguintes pontos:

  • margem de lucro: frete grátis pode comprometer sua renda, por isso, é preciso oferecê-lo após um bom planejamento;
  • volume de encomendas: você pode criar uma promoção de frete grátis para aumentar as vendas, mas precisa calcular as despesas para custear esses envios;
  • quem fará as entregas: antes de zerar o frete converse com o parceiro de entregas para tentar reduzir o valor dos envios;
  • preço mínimo: ofereça o frete gratuito após um valor mínimo de compras, assim o cliente pode gastar com mais itens para evitar pagar pelo envio.

Lembre-se: não existe frete de e-commerce sem custo! Alguém terá que pagar pelo envio, portanto é preciso cuidado com esta oferta. Se optar por embutir o valor da entrega no preço do produto, o ideal é indicar que o frete está incluso na compra e não que ele é gratuito.

O Envio Fácil é uma ótima forma de baratear o frete do seu comércio, desde as vendas feitas para clientes locais até em regiões distantes. Ele está disponível em todo o Brasil e você ainda pode fazer uma simulação do cálculo do envio da encomenda! É simples, rápido e de qualidade, conquiste mais clientes com entregas acessíveis e aumente suas vendas!

Conheça mais sobre o Envio Fácil