Resumo do texto

  • Entenda o que é FIFO e como o método funciona;
  • Saiba como colocá-lo em prática para controlar melhor seu estoque;
  • Confira as vantagens de manter um bom controle de mercadorias em seu negócio

Controle seu estoque de um jeito simples!

 

Quem trabalha com comércio sabe que a organização é fundamental para o controle de estoque. Com boas práticas, é possível evitar a falta de mercadorias ou excesso de produtos.

Para ter sucesso nessa tarefa é importante usar uma maneira inteligente para simplificar a gestão do seu negócio. Dentre as diferentes formas de organizar um estoque, o FIFO é um dos mais utilizados. Esta é uma maneira de criar um padrão no depósito que reduz prejuízos e contribui para controlar as entradas e saídas.

Veja abaixo como funciona esta estratégia e como seu negócio pode aplicá-la.

O que é FIFO?

FIFO é uma sigla que em inglês significa “First In, First Out”, traduzido para “Primeiro a entrar, Primeiro a sair”. Ele é um sistema de organização de cargas e mercadorias que serve para gerar filas de espera, ou melhor, para criar uma ordem de saída no estoque.

A fila é criada com um objetivo simples: priorizar o uso ou venda dos itens que estão há mais tempo parados no seu negócio, e colocando as novas remessas lá no fim da lista.

Sistema FIFO: como funciona?

O FIFO cria uma ordem que faz com que os itens do estoque tenham rotatividade, organizando a saída do que estiver guardado, seja insumo, matéria-prima, mercadoria ou produto acabado. É feita uma distribuição no estoque para facilitar o acesso aos itens mais antigos, que ficam à frente dos mais novos. 

Essa organização costuma ser muito adotada por negócios que trabalham com produtos perecíveis, principalmente para reduzir (ou acabar) com o descarte de itens que atingem a data de vencimento.

A aplicação do FIFO é mais comum do que você imagina. Boa parte dos supermercados adotam a estratégia em suas gôndolas. Os produtos mais antigos estão sempre à frente nas prateleiras, mais acessíveis aos clientes do que as unidades que estão lá no fundo.

Com isso, o estabelecimento consegue priorizar a venda dos produtos que chegaram primeiro ao estoque, reduzindo as perdas.

Método FIFO de armazenagem: colocando em prática

Para colocar o método em prática é preciso adotar hábitos diários de gestão de estoque, como checagem, cálculo, organização e classificação de produtos. Tudo isso serve para um negócio ficar atento às quantidades disponíveis e organizar seus pedidos de reposição.

A técnica ajuda a priorizar a venda, mas não tem foco no controle do fluxo de mercadorias, portanto, ela deve ser sempre alinhada a uma rotina de análise para se tornar ainda mais efetiva.

Precisa de uma ajuda? Baixe nossa planilha de controle de estoque clicando aqui!

O controle é indispensável para executar o próximo passo, que é a aplicação do FIFO. Você pode realizar o método através do Flow Rack ou de um simples quadro. Conheça melhor as opções abaixo.

Flow Rack (esteira de fluxo de mercadorias)

Neste método o estoque é organizado através de esteiras. Ele é muito utilizado em grandes empresas, que possuem um maior volume de armazenamento. O sistema economiza tempo, gera praticidade no despacho das mercadorias e mantém a integridade física dos produtos.

O material é levado pela esteira até uma prateleira específica, mantendo a ordem do método FIFO, assim que ele sai de estoque um próximo material ocupa o seu lugar.

Quadros FIFO

Os quadros FIFO funcionam como tabelas de gerenciamento de estoque. É um sistema fácil de usar que gera uma visão completa  do que está armazenado e quais são os itens que têm prioridade de saída.

A partir deste quadro você sabe exatamente onde estão seus produtos e onde armazenar os que estão chegando. O controle é simples de entender, mas exige que todo o time responsável pelo estoque faça a atualização para que nenhum erro aconteça.

Lembre-se: o quadro FIFO para ser eficaz deve estar sempre atualizado.

Por que é importante ter um método de armazenagem?

Estabelecimentos com estoque organizado podem criar estratégias bem definidas para aumentar a produtividade, ficar por dentro dos resultados e até para criar uma experiência melhor para o cliente (ex: fazer boas promoções para dar saída a alguns itens que estão parados ou criar pacotes de produtos com maior valor agregado).

Junto com essas oportunidades, seu negócio ainda pode encontrar outros benefícios, confira:

  • melhoria na  gestão visual do estoque;
  • eficiência nos processos de logística;
  • maior agilidade na rotina.
  • organização de entrada e saída de produtos;
  • menos erro de pedidos e reposições;
  • cálculos claros e corretos.

Controle de estoque: o preço da falta de planejamento

Por outro lado, a falta de organização leva ao descontrole e isso é um perigo para o seu negócio, que pode sofrer com situações contrárias aos benefícios acima, como perda de produtos, erros nos cálculos e pedidos, além do tempo perdido com a procura de itens.

Escolher um bom método de gestão de estoque não serve apenas para otimizar a movimentação de mercadorias, mas também para reduzir custos.

Sem um bom controle de estoque não é possível realizar o método FIFO e o preço desta desorganização pode sair caro.

Tenha mais fluxo no seu estoque com o Envio Fácil

Para organizar melhor o seu estoque e colocar o método FIFO em prática você pode começar a trabalhar com entrega de encomendas. O Envio Fácil é um frete econômico e de qualidade que irá trazer agilidade e segurança para os pedidos, tanto da sua loja física quanto loja online.

Ele é um aliado para impulsionar as suas vendas e aumentar o fluxo do seu estoque! Confira mais vantagens:

  • economia na contratação do frete;
  • agilidade e segurança nas entregas;
  • rastreio do pedido;
  • proteção contra perdas e extravios;
  • abrangência em todo território nacional.

Saiba tudo sobre o Envio Fácil!