O que é IOF e qual sua função?

Resumo do texto

  • Aprenda o que é IOF e sua função;
  • Saiba quando esse imposto é cobrado;
  • Descubra como o IOF afeta sua vida financeira.

 

Os brasileiros pagam muitos impostos, mas boa parte das pessoas não conhece todos eles e nem sabe o significado das cobranças.

Para tirar essa dúvida, preparamos esse post onde você vai aprender o que é IOF, qual a função desse imposto e em que situações ele é cobrado. 

Boa leitura!

Outros artigos que podem ser do seu interesse:

como funciona o iof

O que é IOF?

Essa é a sigla para Imposto sobre Operações Financeiras, que é um valor cobrado pelo Governo Federal em qualquer tipo de operação financeira. Isso inclui operações de câmbio, empréstimos, seguros e aplicações, como Fundos de Investimentos e CDBs.

Esse imposto é cobrado em movimentações tanto de pessoas físicas quanto de pessoas jurídicas.

Quando o IOF é cobrado e qual o valor?

Basicamente, o IOF é cobrado quando uma parte dá dinheiro para outra, podendo ser um banco, financeira, seguradora ou pessoa física.

Mas, como assim? 

Sempre que acontece uma operação de crédito, como resgate de investimentos, operação de câmbio, seguros ou empréstimos em um período menor do que 30 dias, o IOF é cobrado.

Veja a seguir algumas situações que esse imposto é cobrado e qual o valor:

Quem é isento de pagar IOF?

A isenção do imposto é feita em casos de financiamentos imobiliários, empréstimos internacionais entre pessoas físicas e dividendos de ativos estrangeiros. Assim como para pessoas com deficiências físicas.

A cobrança do IOF é automática na hora do empréstimo, resgate de alguns investimentos antes de 30 dias e quando você paga o valor devido no cheque especial.

Já no momento de comprar alguma moeda estrangeira, o imposto é informado pela casa de câmbio. Em compras internacionais, o IOF aparece na fatura do cartão de crédito.

Nessas situações, não há como fugir do pagamento, no caso de investimentos, a saída para não ter o IOF é não fazer o resgate antes de 30 dias a partir do momento da aplicação. Pegando seu dinheiro depois desse prazo, você fica isento.

Vale lembrar que o IOF recai somente sobre a rentabilidade do investimento, e não sobre o valor total aplicado. 

Em relação a compras internacionais, é interessante analisar onde o IOF é maior: na casa de câmbio ou na fatura do cartão? Com essa resposta, você saberá o que vale mais a pena. 

Qual a função deste Imposto?

Você aprendeu o que é IOF, mas para que ele serve? A cobrança desse imposto, além de ser mais uma fonte de arrecadação para o Governo Federal, serve também para entender se a economia do país está em desenvolvimento ou retração.

Já que o imposto envolve todas as movimentações de empréstimos, ele também funciona como um indicador para entender se as instituições estão oferecendo muito ou pouco crédito para as pessoas e empresas.

A partir das informações colhidas com as movimentações, é possível entender melhor a atividade da economia brasileira.

Como a cobrança do Imposto sobre Operações Financeiras afeta minha vida financeira?

Você já aprendeu o que é IOF e em quais situações a cobrança acontece. No entanto, qual o impacto dele na sua vida financeira? 

Ao solicitar um empréstimo ou financiamento, a cobrança do IOF já está embutida no valor das parcelas mensais. Já no cartão de crédito com compras internacionais, o imposto vem depois, na hora de pagar a fatura. O IOF vai depender de quanto forem as compras feitas. 

No cheque especial, a mordida é ainda maior. Quando a conta corrente fica negativa, é cobrado 0,38% de IOF por dia, mais 0,0082%, também por dia, até você colocar dinheiro e deixar a conta no azul novamente. 

Como já vimos, em algumas situações não dá para escapar dessa cobrança, mas às vezes dá para aliviar o peso desse custo.

Como? 

  • organização financeira para não cair no temido cheque especial;
  • esperar 30 dias para resgatar seus investimentos;
  • avaliar o valor do IOF que recai sobre empréstimos e financiamentos.

Para te ajudar nessa missão, conte com o PagBank. Aqui no nosso blog você pode acessar diversos conteúdos sobre planejamento e orçamento pessoal, aprender a investir e dar os primeiros passos para aplicar seu dinheiro.

E, através do super app PagBank você controla sua vida financeira na palma da mão, deixa seu dinheiro em uma conta que rende mais do que a poupança e ainda aproveitar vantagens como:

Se você ainda não é cliente PagBank, faça agora o download do super app e abra sua conta digital grátis.

Baixe já o super app PagBank!