O que são os dividendos? Saiba tudo sobre como funciona!

Resumo do texto

  • Saiba o que são dividendos e como eles funcionam;
  • Descubra quais ações pagam dividendos aos investidores;
  • Aprenda a montar uma carteira de ações com dividendos.

 

Nas notícias sobre o mercado de ações ou em conversas sobre a bolsa de valores, você já deve ter ouvido a palavra dividendos. Esse assunto é muito recorrente, pois diversas pessoas começam a investir por conta deles. 

Mas, você sabe o que são, como funcionam e como comprar ações de empresas que pagam dividendos? É isso que vamos explicar para você neste post.

Outros artigos que podem ser do seu interesse:

Investir Dividendos

Dividendos: conheça as 7 dúvidas mais comuns sobre o investimento

Os dividendos costumam ser um grande atrativo das ações, porque representam uma parte do lucro líquido das empresas chegando no bolso dos investidores.

Veja a seguir as respostas para as dúvidas mais comuns sobre o assunto.

1. O que são dividendos?

Os dividendos representam um pedacinho do lucro das empresas que têm ações na Bolsa de Valores. Esse valor é distribuído entre os acionistas como uma maneira de remunerar os investidores. 

Na maioria das empresas, é normal que os sócios recebam uma parte do lucro do negócio. Dessa forma, nas companhias de capital aberto que fazem parte da B3, a distribuição é feita por meio dos dividendos.

Todas as empresas listadas na B3 precisam distribuir uma porcentagem dos seus lucros. Isso está definido na Lei das S/A, de 1976, que regulamenta as companhias da bolsa. Esse percentual de lucro é definido de acordo com o estatuto social de cada empresa. 

Então, de maneira geral, podemos dizer que os dividendos são uma pizza, onde cada acionista tem direito a um pedacinho, e o tamanho desse pedaço será proporcional à quantidade de ações que possuir.

Sendo assim, quanto mais ações você tiver, maior será sua fatia.

No entanto, existem algumas formas de distribuição entre os acionistas. Veja quais são a seguir. 

2. Quais são os tipos de dividendos?

Toda companhia conta com uma data específica para pagar os dividendos aos acionistas. Algumas empresas pagam a cada três meses, outras semestralmente, enquanto outras distribuem os lucros apenas uma vez por ano.

Dessa forma, existem alguns tipos de pagamentos, conheça os principais:

Dividendos por bonificação com ações

Neste caso, as empresas convertem o lucro em ações. Sendo assim, os acionistas recebem conforme o número de papéis que possuem. 

Vale lembrar que as empresas não emitem novas ações, mas sim, distribuem as que estavam na tesouraria, por exemplo.

Pagamento de dividendos em dinheiro

Os acionistas recebem sua parte dos dividendos em dinheiro diretamente em suas contas. Algumas empresas estimulam os investidores a reaplicarem esse valor em novas ações da companhia, de maneira automática.

Juros sobre capital próprio

Também chamado de JCP, essa categoria de dividendos conta com cobrança de Imposto de Renda. Isso acontece, pois o JCP é descontado antes do lucro líquido, garantindo um benefício fiscal.

Dividendos em direitos de subscrição

Aqui, os dividendos não são financeiros. Nessa modalidade as empresas oferecem aos acionistas a preferência na compra de novas ações, caso ocorra uma nova negociação.

Pagamentos em dividendos especiais

Esses dividendos funcionam como uma espécie de bônus. As empresas pagam os acionistas quando obtêm um lucro maior do que o esperado ou quando realizam alguma operação que aumente o seu caixa. 

Para montar uma carteira inteligente de dividendos você deve comprar ações de diversas empresas para diversificar seus investimentos.

3. Por que as empresas pagam dividendos?

As companhias que têm lucro podem usar esse dinheiro como quiserem. Podendo ser para reinvestir em projetos de expansão, pagar dívidas ou recomprar ações, pagar uma parte aos acionistas ou então reinvestir uma parte e distribuir outra em forma de dividendos.

Entretanto, o pagamento costuma atrair novos investidores e valorizar as ações da empresa. Além disso, o acionista também conta com a vantagem de receber os lucros e reinvestir, potencializando o retorno no longo prazo.

4. Como é feito o pagamento de dividendos aos investidores?

A distribuição dos lucros não acontece do dia para a noite. Conheça as etapas que devem ser seguidas para o pagamento de dividendos.

  • Aprovação do conselho administrativo da empresa: o conselho se reúne de tempos em tempos para avaliar se a empresa teve algum lucro que precisa ser pago;
  • Protocolo da CVM: depois que o conselho decide distribuir os dividendos, é necessário protocolar na Comissão de Valores Mobiliários (CVM). Essa notificação informa aos acionistas quando e como os dividendos serão pagos.

Depois dessas etapas, o investidor vai receber seus lucros conforme o tipo de dividendo que a empresa paga, como vimos anteriormente.

5. Toda ação paga dividendos?

Nem toda empresa listada na B3 paga dividendos aos acionistas. Também não existe nenhuma garantia de que o investidor irá receber algum lucro. 

Isso acontece, pois uma empresa pode cancelar essa distribuição se houver alguma mudança no seu negócio.

Então, se ao longo de um ano os lucros caírem, o pagamento dos dividendos pode ser afetado. Mas quanto a isso, não é necessário ficar preocupado, as empresas estão sempre propensas a continuar pagando dividendos para manter os investidores satisfeitos.

6. Quais ações pagam dividendos?

Para descobrir quais ações costumam pagar dividendos regularmente, criamos uma lista com as principais empresas que distribuem lucros.

4 principais empresas que pagam dividendos: 

Porém, é importante lembrar que não existe uma certeza de que os papéis abaixo vão distribuir lucros, pois o cenário pode sempre mudar.

7. Como declarar dividendos no Imposto de Renda?

Quando for declarar seu IR, siga os seguintes passos: 

  • Em  “Rendimentos Isentos e Não Tributáveis”, selecione o campo “09 – Lucros e dividendos recebidos”;
  • Depois clique em “novo” e informe se é o titular ou dependente, o valor dos dividendos e a empresa que pagou os dividendos;
  • Repita esse processo para cada ação da sua carteira.

Aplique seu dinheiro num banco sem burocracia!

Para investir em ações que pagam dividendos basta ter uma conta em um banco que conte com o Home Broker.

O Home Broker é um sistema on-line para a negociação de investimentos da Bolsa de Valores. No Home Broker PagBank é possível investir seguindo os passos a seguir:

  • baixe o super app PagBank;
  • no Menu Principal, acesse a opção Produtos e Investimentos;
  • clique em Aplicar meu Dinheiro;
  • confira as opções de Renda Variável;
  • aloque dinheiro (mande o dinheiro para o Home Broker)
  • escolha as ações que pagam dividendos e clique em Investir.

Pronto! A ordem de compra será feita, é só acompanhar a aplicação pelo celular.

Através do Home Broker do PagBank é muito mais fácil investir em ações que pagam dividendos com autonomia e sem complicação, basta abrir a sua conta!

O funcionamento da plataforma é totalmente online e ali é feita a compra, venda e o acompanhamento do investimento na bolsa.

Invista na Bolsa de Valores com o PagBank!

“Este canal tem como única intenção fornecer um panorama sobre as diferentes categorias de produtos de investimentos disponíveis no mercado. Os conteúdos não têm o objetivo de oferecer análise de valores mobiliários ou recomendações de investimento, considerando que os produtos apresentados podem não ser adequados aos objetivos, situação financeira ou necessidades individuais de cada usuário. O PagSeguro PagBank se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que decorram da utilização de seu conteúdo, bem como por eventuais informações fornecidas por terceiros, que não expressam a opinião do PagSeguro PagBank. As projeções e preços apresentados estão sujeitos a variações e as informações podem não estar atualizadas no momento exato da consulta do material. Antes de tomar qualquer decisão, é recomendado que o leitor busque orientação financeira independente e leia atentamente os materiais técnicos relativos a cada produto.”