Planejamento financeiro familiar: como poupar pensando no futuro dos filhos

Resumo do texto

  • Saiba como montar um planejamento financeiro pensando no futuro dos filhos;
  • Veja como controlar gastos e criar um orçamento familiar;
  • Confira dicas para envolver as crianças nessa prática.

Baixe grátis o super app PagBank e abra uma conta!

 

Para muitas famílias, nada é mais importante do que garantir um futuro melhor para os jovens e crianças, ainda mais quando o assunto é educação.

É bem comum encontrar pais e mães que querem poupar para ajudar no estudo dos filhos, mas que não sabem muito bem por onde começar. 

O segredo está no planejamento financeiro familiar, que serve para organizar gastos, diminuir as despesas e ajuda a montar uma reserva.

Veja a seguir quais são os 4 passos mais importantes para criar o planejamento dentro de casa e 5 dicas para organizar o dinheiro pensando na educação dos filhos. Boa leitura!

4 passos para criar o planejamento financeiro familiar

Veja alguns passos importantes para montar um bom planejamento com a família.

Comece anotando os gastos

Todo planejamento começa por aqui. Saber quanto sua família gasta por mês é muito importante para entender o quanto pode ser economizado e quais gastos precisam ser cortados.

É preciso controlar:

  • contas que chegam todos os meses com valor fixo: aluguel, condomínio, mensalidade de TV e Internet;
  • gastos que também acontecem todos os meses, mas sem custo fixo: conta de água e energia e compras no mercado;
  • gastos variáveis: passeios, pedidos no delivery e imprevistos (como conserto do carro ou compra de emergência).

Em seguida liste os gastos que deseja incluir, como a mensalidade da escola ou de cursos de idiomas, veja se eles cabem no orçamento ou se é preciso enxugar mais alguma despesa.

Lembre-se que outros custos podem entrar aqui, como aluguel para quem estuda em outra cidade, despesas de viagem e material escolar. 

Crie o orçamento familiar

O orçamento da sua família precisa seguir uma regra básica: os gastos devem ser menores do que a renda mensal.

Se vocês já conseguiram encaixar as despesas, o próximo passo é definir como usar o dinheiro que cada um ganha. Todos devem separar uma quantia para ajudar com os gastos de casa e outra que vai para a reserva.

Negocie com a família

Caso seja preciso cortar gastos, envolva todo mundo nessas escolhas. Escolher sozinho o que é ou não importante pode criar uma briga dentro de casa.

A ideia do planejamento familiar é coletiva, então, todos devem participar da decisão. Negocie, converse e explique a razão do corte de gastos. Se for preciso, faça uma votação e peça opiniões.

Mantenha a disciplina

O planejamento financeiro familiar e todos os acordos feitos não podem ficar só no papel. Cada um precisa fazer sua parte e ter disciplina com o planejamento.

Se você é o responsável por controlar as finanças, não tenha medo de cobrar a participação de todos e, se for preciso, puxe a orelha de quem mexer com essa quantia.

O motivo para ela existir é muito claro e importante, então, não pode ser usada para cobrir outros gastos. Se quiser ter dinheiro guardado para imprevistos, faça outra reserva separada para evitar confusões.

O que fazer para envolver seu filho no planejamento? Confira 5 dicas

Se todo esse esforço é para o bem das crianças, então, por que não colocá-las junto dessa tarefa? Veja a seguir como envolver seu filho no planejamento financeiro familiar.

Use a mesada para ensinar

A mesada serve para seu filho fazer as primeiras escolhas financeiras. Você não deve só criticar, mas sim ensiná-lo como fazer melhor.

Mostre os erros e acertos e sempre reforce que tão importante quanto usar bem a mesada é guardar uma parte dela pensando no futuro.

Dê responsabilidade para eles: comece com o controle das contas de casa

Se seus filhos já são um pouco mais velhos, explique como ordenar e pagar as contas da casa e dê essa responsabilidade para eles.

Dica: crie um quadro em casa para anotar os valores e os vencimentos. Se for possível, deixe os filhos mais velhos no comando desse quadro para que eles aprendam um pouco sobre a responsabilidade de cumprir prazos e as consequências de atrasar contas.

Poupem juntos

Ajude seu filho a juntar dinheiro! Se ele quer comprar alguma coisa, que tal trocar um presente fácil por uma brincadeira de poupar? Esse é um jeito simples de ensinar lições importantes sobre economia e planejamento.

Seu papel aqui é bem fácil: dê apoio para contar o que já foi guardado e diga quanto falta para chegar até o valor do presente. 

Se quiser dar um incentivo, faça uma contribuição pequena, mas não facilite demais. A ideia é que seu filho se sinta responsável por poupar

Quando ele conseguir a quantia total, não esqueça de festejar e mostrar como aquele esforço valeu a pena. Isso ajuda a reforçar a mensagem: quem sabe usar o dinheiro consegue tirar os planos do papel!

Faça mais brincadeiras com dinheiro

Se a dica acima funcionar bem com os filhos, faça mais brincadeiras! Crie jogos e gincanas em família para estimular as crianças e deixar o planejamento financeiro mais divertido. 

Transformar esse assunto sério em algo mais interativo e leve é um jeito bem prático de aumentar a participação da família e criar momentos gostosos (que ensinam ao mesmo tempo).

Estimule a leitura

Existem livros feitos para o público infantil que falam sobre finanças. Se quiser juntar esse aprendizado importante com um momento de leitura, busque obras como:

  1. Dinheiro, Dinheirim, Moeda no Cofrim de Itamar Rabelo, Mauro Nogueira e Victor José Hohl,
  2. Como se fosse dinheiro de Ruth Rocha
  3. Almanaque Maluquinho: Pra que dinheiro?, de Ziraldo.

Invista com segurança e praticidade com o super app PagBank

Ficou interessado em investir em CDBs? Então chegou a hora de descobrir as opções à disposição no super app PagBank.

Com os CDBs PagBank você pode começar a investir com apenas R$1 e conseguir mais que o dobro do rendimento da poupança! O super app também tem opções bem em conta, que podem ser feitas com apenas R$100.

Para aplicar é muito simples. Basta abrir uma conta grátis no PagBank e seguir este passo a passo:

  1. clique na opção Produtos e Investimentos do menu inicial;
  2. acesse Aplicar meu dinheiro;
  3. escolha a opção Renda Fixa;
  4. confira todas as opções e faça sua escolha;
  5. agora é só clicar em Investir.

Pronto! Aplicar com o super app é simples e rápido. Bastam alguns poucos cliques para fazer o dinheiro trabalhar por você nessa missão tão importante de construir a reserva para o futuro. Comece hoje mesmo!

Clique aqui e confira todos os CDBs PagBank!

“Este canal tem como única intenção fornecer um panorama sobre as diferentes categorias de produtos de investimentos disponíveis no mercado. Os conteúdos não têm o objetivo de oferecer análise de valores mobiliários ou recomendações de investimento, considerando que os produtos apresentados podem não ser adequados aos objetivos, situação financeira ou necessidades individuais de cada usuário. O PagSeguro PagBank se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que decorram da utilização de seu conteúdo, bem como por eventuais informações fornecidas por terceiros, que não expressam a opinião do PagSeguro PagBank. As projeções e preços apresentados estão sujeitos a variações e as informações podem não estar atualizadas no momento exato da consulta do material. Antes de tomar qualquer decisão, é recomendado que o leitor busque orientação financeira independente e leia atentamente os materiais técnicos relativos a cada produto.”

  • Tags