Resumo do texto

  • O frio chegou, e junto com ele chegaram as oportunidades de faturar mais;
  • Separamos para você uma lista completinha, com produtos e serviços que bombam no inverno;
  • Aproveite também para pensar em soluções práticas para o seu cliente e como vender mais e melhor durante a estação com o super app PagBank.

Clique aqui e baixe agora o super app!

 

Para a alegria de quem gosta de um edredom fofinho e um chocolate quente, o inverno chegou! E quando a gente pensa em frio, é bom lembrar que alguns produtos e serviços costumam ter uma saída bem melhor nesta estação do ano.

Assim como o calor, o frio traz consigo oportunidades para quem é empreendedor ou para quem está atrás de uma renda extra. Você tem à escolha uma grande diversidade de produtos e serviços para atrair clientes e manter o seu faturamento quente enquanto as temperaturas caem.

Se você quer vender no inverno, uma opção interessante é aproveitar produtos “clássicos da temporada”, como roupas de frios e fondues, e aqueles que são a tendência da estação, como hidratantes e loções para cuidar da pele no frio. Por isso, concentramos neste post algumas ideias, tanto para quem já tem seu próprio negócio quanto para quem vai aproveitar o momento para garantir uma grana extra.

Dicas de produtos para vender no inverno

Vamos começar nossas dicas com produtos que têm boa saída nos meses mais frios. Aqui você vai encontrar algumas opções que são campeãs de vendas e também algumas ideias para você ir além do básico e trazer um diferencial para seus clientes.

1. Roupas e acessórios

Fora ou dentro de casa, as roupas quentes são indispensáveis para encarar o inverno. Vender roupas quentinhas nessa época do ano nunca vai ser uma má ideia, afinal, a demanda sempre vai existir.

Para faturar legal com as vendas, o ideal é diversificar e oferecer não só aquelas peças clássicas — como calças e blusas — mas também acessórios para deixar seu cliente mais confortável. Aposte em:

  1. Cachecóis e echarpes;
  2. Sobretudos;
  3. Toucas e gorros;
  4. Meias reforçadas;
  5. Luvas.

Outra dica interessante é montar alguns kits com looks completos ou com mais de um acessório. Se você caprichar nas combinações, esses conjuntos podem ficar incríveis, vender muito bem e aumentar muito a média de gastos dos clientes (essa medida é conhecida como ticket médio).

Ah, e falando em acessório, com a obrigatoriedade do uso das máscaras de proteção, aprender a fazê-las em casa para vender é uma ótima oportunidade!

2. Produtos para animais

Os bichinhos também sentem frio, por isso, muitos donos correm para os pet shops em busca de uma solução para esquentar seus animais de estimação. O mercado pet continua crescendo e novos produtos surgem o tempo todo. Quem quer empreender nesse segmento precisa ficar atento às novidades, que são muitas. Para este inverno, não deixe de ter à disposição do seu cliente:

  1. Roupinhas para cães e gatos;
  2. Camas confortáveis e com tecidos quentinhos;
  3. Acessórios para o frio (existem calçados e até mesmo chapéus feitos para os pets!);
  4. Alimentos e snacks naturais.

3. Alimentação

No inverno, todo mundo acaba comendo um pouquinho mais. Sabia que isso é normal? Seu corpo precisa se manter aquecido, por isso ele gasta mais calorias e sempre bate aquela fome extra no frio.

Então agora é o momento para você explorar as delícias do inverno. Para quem tem prática com a cozinha, aposte no tradicional fondue e nas sopas, essas são as pedidas clássicas do inverno. Porém, pratos como escondidinhos e carnes assadas também caem muito bem e são boas alternativas.

Para os confeiteiros, o chocolate sempre vai ser o campeão do inverno. Ele pode ser servido na sua forma tradicional, mas também entra em receitas muito típicas do inverno, como chocolate quente, bombons trufados e nos fondues doces.

E não se esqueça dos kits! Já pensou em vender um kit de fondue acompanhado de uns chocolates e uma garrafa de vinho? Esse é o tipo de tentação que seu cliente não vai resistir!

Dê opções para o seu cliente

Alimentação é algo muito grande. Cada pessoa tem as suas preferências e hábitos. Por isso, para vender bem, vale diversificar, não só com os kits, mas também oferecendo opções de alimentos congelados, alimentos práticos (como pães e salgados), marmitas e também produtos para pessoas que têm restrições, como vegetarianos, veganos e intolerantes à lactose.

Dicas de serviços para o inverno

Durante o inverno, alguns serviços são mais procurados pelas pessoas, tanto para preparar suas casas para as baixas temperaturas quanto para ter em casa serviços que, geralmente, são feitos fora dela, como fazer as unhas e cortar o cabelo.

4. Reparos domésticos

Durante o verão, um chuveiro fraco não incomoda tanto, mas no inverno ele é o pior pesadelo. Por isso, oferecer a troca desse aparelho é só um dos serviços de reparos que as pessoas buscam mais no inverno.

Todo mundo quer se preparar para espantar o frio, por isso, é comum que os maridos de aluguel e empresas de reparos recebam mais pedidos de:

  1. Instalação de aquecedores;
  2. Melhorias na rede elétrica da casa;
  3. Vedação de telhados;
  4. Limpeza de chaminés e lareiras;
  5. Consertos em portas, janelas e esquadrias.

Se você tem a famosa mão santa para arrumar a casa, que tal fazer desse dom uma renda extra? Consulte seus vizinhos, fale com amigos e ofereça os seus serviços, quem sabe o inverno não é o momento certo para transformar seu talento em faturamento?

Aproveite e vá além da divulgação com os apps de mensagem como o WhatsApp. Usando o Link de Pagamento, você consegue agilizar e dar praticidade para os clientes pagarem os seus serviços.

Clique aqui e conheça mais sobre o Link de Pagamento

 

5. Serviços na casa do cliente

Cortes de cabelo e barba e manicure são alguns serviços que as pessoas precisam com frequência, mas sempre “deixam para outro dia” quando está frio.

Por isso, vale a pena investir no atendimento em domicílio e garantir a satisfação desses clientes mais caseiros. As opções são bem variadas, tudo vai depender do seu método e, claro, da casa do cliente. Além dos exemplos já mencionados, veja mais essa lista com sugestões:

  1. Adestramento de cães;
  2. Personal Training;
  3. Personal chef (fazer comida para o cliente);
  4. Depilação;
  5. Organização pessoal ou de ambientes;
  6. Manicure e pedicure;
  7. Aulas de idiomas;
  8. Massagem.

Reflexões para vender bem no inverno

Agora, vamos falar sobre alguns temas importantes para os empreendedores e também para quem quer uma renda extra.

Explore a praticidade

Consumir em casa é uma das grandes tendências do inverno, ainda mais em tempos de isolamento social. Para que você mantenha um bom faturamento, você vai precisar dar praticidade ao cliente, já que isso vai funcionar como um convite ao consumo. Aposte em soluções como:

  1. Vendas por lojas virtuais no PagVendas;
  2. Vendas via WhatsApp e Facebook com retirada e pagamento via Link de Pagamento;
  3. Crie um menu digital e faça delivery com o Pede Fácil.

Todas essas ferramentas concentram o melhor da tecnologia para oferecer a você e seu cliente praticidade — que é um super diferencial hoje em dia.

Organize o seu negócio

Quanto mais organizado for o seu negócio, mesmo que ele vá funcionar só no inverno, melhor para você e para seu cliente. Organização envolve alguns pontos muito críticos:

  1. Como você cuida do dinheiro que você fatura (algo que você pode melhorar com o PagVendas);
  2. Que tipo de ferramenta você usa para vender (Já pensou em usar as maquininhas do PagSeguro ou Link de Pagamento?);
  3. Como você divulga o seu negócio.

Tudo isso é essencial para atrair e fidelizar as pessoas que compram com você. Uma boa divulgação traz bons clientes. Meios de pagamento diversificados também fazem com que você não deixe de realizar nenhuma venda, deixando-as práticas e seguras!

Para dar uma cara bem profissional para o seu negócio, vale a pena você pensar em transformar ele em um negócio de verdade. E quando falamos “de verdade”, a ideia é tirar um CNPJ e aproveitar as oportunidades que ele oferece, como fazer contratos mais vantajosos com fornecedores e conseguir financiamentos com juros mais baixos

Quem abre uma conta com CNPJ no PagSeguro garante para seu empreendimento uma conta que rende mais que a poupança, um banco completo e grátis na palma da sua mão e a possibilidade de vender usando um outro tipo de pagamento nas maquininhas: os vales refeição e alimentação.

É organização e praticidade que você precisa? Então, conheça o PagVendas!

Venda no inverno usando o melhor da tecnologia para seu negócio

Aqueça suas vendas oferecendo os produtos e serviços mais populares da estação, e, na hora de pensar em organização, pagamentos e praticidade, conte com o PagSeguro PagBank.

Reunimos todas as principais ferramentas para o pequeno empreendedor em um único lugar, o Pag pro Pequeno. Entre aqui e confira os principais recursos que o PagSeguro PagBank coloca à disposição do seu negócio! Aproveite para conferir um vídeo e aprender mais sobre o nosso jeito de apoiar os pequenos negócios.