Você sabe o que é arrependimento de compra? Descubra aqui!

Resumo do texto

  • Entenda como funciona o arrependimento de compra;
  • Descubra as razões das compras sem planejamento;
  • Confira dicas para evitar compras por impulso.

 

Fez alguma compra por impulso e percebeu que fez uma péssima escolha? Calma! Você tem o direito ao arrependimento de compra e pode ter seu dinheiro de volta. 

Saiba mais sobre esse direito previsto no Código de Defesa do Consumidor e veja em quais situações é possível solicitar a devolução do produto e receber seu dinheiro de volta.

Boa leitura!

Outros artigos que podem ser do seu interesse:

Arrependimento de Compra

Mudou de ideia? Saiba como funciona o arrependimento de compra

Quem nunca comprou por impulso que atire a primeira pedra! Comprar sem necessidade é mais comum do que se pode imaginar, mas você sabia que é possível solicitar a devolução do produto ou serviço em até sete dias úteis? Esse é o conhecido direito de arrependimento.

Nesses casos, de acordo com o artigo 49 do Código de Defesa do Consumidor, existe o direito de receber o valor integral que foi gasto, incluindo todas as taxas e gastos com frete.

Quem compra online tem essa garantia por não conseguir avaliar o produto ou as condições do serviço adquirido. Então, se os produtos que receber não forem exatamente como imaginava, ou até se acontecer o arrependimento de compras, fique tranquilo, é possível devolver.

Já, quando adquirido pessoalmente, as lojas físicas não garantem a devolução ou troca. Somente em casos de defeito.

Porém, a maioria das lojas oferecem a possibilidade de troca mesmo que os produtos não tenham defeito. Entretanto, isso é um benefício, não um direito previsto em lei.

O que faz uma pessoa comprar por impulso?

Uma pesquisa do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) indicou os principais fatores que influenciam as compras por impulso.

O estudo mostrou que os descontos e liquidações são as principais razões que levam a isso. Os produtos mais adquiridos são roupas, calçados, acessórios, livros, cosméticos e comida por delivery.

No caso do e-commerce, as pessoas tendem a comprar sem planejar por receberem e-mail de lojas, verem publicação no Facebook e até por produtos compartilhados pelos amigos nas redes sociais.

Por outro lado, sete em cada dez pessoas afirmam que montam um carrinho de compras online e não finalizam o pagamento. Os motivos para esse arrependimento de compra é o preço do frete, a demora na entrega e a incerteza em realizar ou não o pagamento.

Dicas para evitar as compras por impulso

Confira a seguir algumas dicas práticas para você não passar pelo arrependimento de compras.

1. Faça uma lista de compras

Essa lista não vale apenas para o supermercado, coloque no papel tudo o que precisa ou deseja comprar. Esse será o guia para as suas tomadas de decisões.

2. Invista no controle de gastos

Para realizar um bom controle de gastos, é muito importante anotar tudo o que gasta, desde as contas básicas, como energia e água, até compras mais supérfluas.

Temos uma planilha gratuita para você organizar suas despesas. Conheça clicando aqui.

3. Pesquise e compare preços

O mesmo produto ou serviço pode ter preços diferentes em lojas físicas e online. Então, para economizar e não comprar no impulso, o ideal é pesquisar valores.

4. Tente a regra de tempo

Também chamada de regra da espera, regra da semana ou regra dos 30 dias, a ideia aqui é: quando tiver vontade de comprar alguma coisa, espere um tempo antes de adquirir. Pode ser, dois dias, uma semana ou 30 dias. 

Se passado esse período  e ainda quiser comprar o produto, analise bem para ver se encaixa no seu orçamento e então, considere comprar.

5. Se estiver triste: não compre

Você é daqueles que quando fica triste vai às compras? Embora a sensação momentânea de conforto quando adquirimos coisas novas ajude a suprir a tristeza, ela não dura muito. Geralmente, esse sentimento dura até você chegar em casa com as sacolas.

Dessa forma, independente do seu estado emocional, sempre faça as seguintes perguntas: Eu quero? Eu preciso? Eu posso? Eu devo? 

Dica bônus: conte com o PagBank para ser seu parceiro de economia

Já pensou em contar com um banco completo e grátis, que cabe na palma da mão para te ajudar no controle de gastos? No super app PagBank seu dinheiro rende mais que na poupança e você encontra várias opções para investir no seu futuro de forma simples.

Conheça os investimentos disponíveis no PagBank!