Buyer Persona: como criar o cliente ideal para sua empresa?

Resumo do texto

  • Entenda o que é uma Buyer Persona;
  • Saiba diferenciar este conceito de Público-alvo;
  • Aprenda a definir a Buyer Persona da sua empresa.

ClubePag: colete dados e faça promoções exclusivas!

 

O empreendedor que entende o que seu cliente quer consegue planejar ações estratégicas pensando nas necessidades e desejos que precisa atender. Esse consumidor ideal é chamado de buyer persona.

Em tradução livre, buyer persona significa “pessoa compradora”, ou seja, aquele que consome determinado serviço ou produto. Neste artigo, confira como descobrir a buyer persona da sua empresa.

Outros artigos que podem ser do seu interesse:

O que é a buyer persona

O que é uma buyer persona?

A buyer persona é uma “pessoa” criada pelo empreendedor, a partir de dados reais, que descrevem o comprador ideal da empresa. Esse personagem possui diversas características, como gostos, preferências, formas de agir e crenças.

Entretanto, não pode ser confundida com a brand persona, que é, justamente, o outro lado da moeda: a pessoa que representa a marca.

Por exemplo: em uma pesquisa, uma companhia de itens para decoração identificou que a buyer persona é uma mulher de, mais ou menos, 30 anos que gosta de receber dicas de uma pessoa mais nova. Portanto, a brand persona, ou seja, quem representa o empreendimento, pode ser uma mulher de 24 anos, mais moderna e descolada.

Esse personagem pode ser criado facilmente, com base nos dados que foram coletados em pesquisas!

Buyer persona x Público-alvo: entenda a diferença

A diferença entre buyer persona e público-alvo é o nível de detalhamento. A buyer persona é um aprofundamento do público alvo. 

O público-alvo utiliza dados mais superficiais, como localização, faixa etária, sexo e profissão. Enquanto isso, a buyer persona, vai além dessas informações. Elas têm nome, idade exata, endereço, história de vida, gostos específicos e sonhos.

Por exemplo: o público-alvo são moradores da região sul, que tenham entre 35 e 45 anos, mulheres e classe média. Já a buyer persona, seria: Márcia, de 38 anos, especialista em colocação e manutenção de unhas de porcelana, moradora de Curitiba e mãe. Dona de um pequeno negócio de estética, divide o espaço com mais duas profissionais e seu maior sonho é aumentar o negócio e o transformar em franquias.

Viu só como a buyer persona é mais detalhada?

Como definir a buyer persona da sua marca?

Bom, agora que você entendeu como funciona a definição de uma pessoa ideal para representar a clientela, é hora de criar uma! Entretanto, antes de partir para a prática, lembre-se que todas essas informações devem ser baseadas em pesquisas e dados. Nada de achismos aqui!

Colete dados

Para saber quem é o seu cliente, é preciso conhecê-lo. E isso é feito através da coleta de dados. Essas informações podem vir de diferentes fontes, como formulário de cadastro no site, pesquisas pontuais com perguntas mais detalhadas e, até mesmo, com o ClubePag pela maquininha de cartão!

Analise os dados

Com essas informações em mãos, é hora de procurar os pontos em comum. As características mais encontradas ajudam nos primeiros passos. Por exemplo, se identificou que 85% dos consumidores são mulheres e 90% tem entre 30 e 35 anos, já definimos a idade e o gênero da buyer persona.

Criação da persona

Agora é hora de criar a história de vida da persona. Dê um nome para ela e defina onde mora (com base nas informações coletadas). Procure definir a profissão, classe social, desejos e hábitos de compra.

Converse com a equipe

Depois de construída, é hora de compartilhar o resultado com a equipe. E além de apresentar, peça uma validação. Por exemplo, é essencial que a equipe de atendimento consiga enxergar aquela persona entre os clientes que eles já atendem.

Exemplo de buyer persona

Veja um exemplo para te ajudar a visualizar melhor o que seria uma buyer persona.

Jonas Carvalho tem 33 anos. Recém-casado, acabou de dar entrada em um apartamento que divide com a esposa. Apesar da vontade de ser pai, tem medo das despesas que um filho traria. Ele é engenheiro civil e trabalha na empresa do sogro. Como está com as contas apertadas, no fim de semana, se arrisca na cozinha junto com sua esposa e preferem chamar os amigos para curtir no apartamento do que sair.

O Jonas poderia ser uma buyer persona para um serviço de empréstimo, por exemplo. Afinal de contas, a dívida do apartamento pode estar atrapalhando outros planos que ele e a esposa têm.

Tenha mais dados sobre seus clientes e crie promoções com o ClubePag!

Uma das principais etapas na criação da buyer persona é a coleta de dados. Isso porque, muitas vezes, os empreendedores não sabem como extrair informações dos clientes.

O ClubePag pode te dar uma mãozinha nesse processo. Esse serviço exclusivo do PagSeguro te ajuda a conhecer melhor a clientela. Além de criar um programa de fidelidade exclusivo!

Veja só como é simples usar o ClubePag:

  1. No Painel de Controle do PagVendas, no menu lateral, clique em “ClubePag”;
  2. Clique em “Participar” para ativar o recurso;
  3. Ative os benefícios que quer usar;
  4. Pronto! Agora é só começar a cadastrar os clientes.

Com o serviço ativado, é hora de criar sua base de clientes:

  1. Na primeira compra, peça o telefone do cliente;
  2. Ele vai receber um SMS para finalizar o cadastro;
  3. Pronto! Aguarde os clientes retornarem para aproveitar o benefício.

Você reúne uma série de informações sobre quem está consumindo e ainda pode fazer campanhas especiais para esse público. Ofereça ofertas de boas-vindas, descontos para clientes sumidos e ofertas especiais para aniversariantes e cashback!

Conheça agora o ClubePag e comece a usar no seu negócio!