O que é a margem negativa do crédito consignado e como ela pode ser liberada

Resumo do texto

  • Veja o que é a margem negativa do crédito consignado;
  • Conheça 4 dicas para liberar a sua margem;
  • Faça um crédito consignado com as melhores taxas.

Conheça o PagBank Consignados!

 

Tem momentos que o acúmulo de despesas ou alguma emergência financeira pega a pessoa de surpresa, por isso, ele acaba pedindo dinheiro emprestado. Uma forma de fazer esse empréstimo é usando o crédito consignado.

O valor é pago com descontos diretos na folha de pagamento, ou seja, você tem o dinheiro necessário e não se preocupa com juros por atraso.

Como o empréstimo leva em conta a renda do trabalhador, há um limite no valor que pode ser retirado. E, se somando diferentes empréstimos consignados, esse limite extrapolar 30% da renda, ele aparece como margem negativa.

Entenda o que é a margem negativa e como fazer a liberação da margem consignável.

Outros artigos que podem ser do seu interesse:

O que é a margem negativa do crédito consignado

O que é margem negativa do crédito consignado?

A margem consignável é o valor limite da parcela do empréstimo de acordo com a renda do trabalhador. O Banco Central aponta que a mensalidade do crédito não pode ser maior do que 30% do salário.

A margem consignável fica negativa quando a pessoa faz mais de um empréstimo e todas as parcelas ficam acima dos 30%. É como se estivesse estourado o limite do cartão de crédito.

Conheça 4 formas de liberar margem consignável

Liberar a margem consignável funciona da mesma forma que liberar o limite de cartão de crédito. É preciso pagar as parcelas anteriores do empréstimo para ter um valor maior disponível.

E como é possível fazer isso? Veja 4 formas:

1. Fazendo portabilidade para um banco com taxas menores

Se outro banco propõe menos juros e taxas mais vantajosas para o crédito consignado, é possível fazer a portabilidade de crédito. Reduzindo a dívida existente, parte da margem consignável fica liberada.

2. Quitando um empréstimo corrente

Se a margem ficou negativa por causa de um segundo ou terceiro empréstimo, uma forma de sair dessa situação é pagar algum dos contratos válidos. Lembra do limite do cartão? É como se pagasse uma fatura antiga. Se pagar um dos empréstimos, aquele valor é liberado.

3. Financiando um contrato ativo

Neste caso, o usuário negocia com a instituição um refinanciamento do valor restante. Geralmente, o contrato permanece com as mesmas parcelas, reiniciando a contagem do novo prazo.

4. Cancelando um contrato recém-assinado

Ao assinar um empréstimo consignado, a pessoa tem 7 dias para desistir do contrato caso encontre um banco com taxas menores e mais benefícios. Fique com esse tempo em mente e, caso necessário, cancele o crédito para liberar a margem e optar por outro com valores menores.

Onde conseguir empréstimo consignado com taxas mais atrativas?

Com o PagBank Consignados, você pode ter o dinheiro que precisa e ficar tranquilo com o pagamento. Se você faz parte de uma das empresas conveniadas, saiba mais sobre o empréstimo:

  • no RH da empresa ou instituição em que você trabalha;
  • no super app PagBank ou no aplicativo PagBank Consignados;
  • na Central de Atendimento PagSeguro.

Conheça o PagBank Consignados e garanta seu empréstimo!

  • Tags