Curva ABC de Estoque: veja como essa estratégia pode aumentar seu lucro

Resumo do texto

  • Saiba o que é e aprenda como fazer a Curva ABC de Estoque;
  • Entenda os benefícios de aplicar esse método na sua empresa;
  • Conheça erros comuns que você deve evitar no seu negócio.

Envio Fácil: a solução de logística para o seu negócio!

 

Um controle de mercadoria eficiente ajuda seu negócio a otimizar o uso do espaço e, principalmente, evitar prejuízos.

Com a curva ABC de estoque, você vai saber em quais itens investir, quais reduzir e como organizar as compras com fornecedores.

Confira mais detalhes sobre essa estratégia de armazenamento de produtos e aprenda a como aplicar no seu dia a dia.

Outros artigos que podem ser do seu interesse:

Curva ABC

Como funciona a Curva ABC de Estoque e como ela pode evitar o desperdício?

A Curva ABC de Estoque é um método de gerenciamento de estoque que classifica os produtos em três categorias — A, B e C — de acordo com o lucro que eles trazem para a empresa. O objetivo é ajudar os empreendedores a focar naqueles itens que são mais importantes.

 

Agora é hora de classificar os produtos nas categorias A, B e C. Para isso, determine um período de análise (mensal, trimestral, semestral ou anual). Dentro deste período, anote a quantidade de itens vendidos e o valor unitário de venda de cada um.

Coloque os dados em uma planilha, como no exemplo abaixo. Lembrando que o valor total é a quantidade vendida multiplicada pelo valor de cada mercadoria. E a participação nas vendas, é a divisão do Valor total do produto pelo Total de vendas:

Com a planilha preenchida, você já pode classificar os produtos.

Classificação A

Os produtos são responsáveis por 80% do faturamento com as vendas. Ou seja, no nosso exemplo, seriam os Produtos 1, 2 e 3.

Classificação B

Esses são os itens que contribuem com 15% do faturamento da loja. Voltando na planilha, vemos que o Produto 4 ocupa esse lugar.

Classificação C

Por fim, os objetos que contribuem para apenas 5% do faturamento das vendas, entram nessa categoria. No nosso exemplo, seria o Produto 5.

Entendendo como as mercadorias contribuem para o faturamento da loja, você já sabe onde focar sua atenção, esforço e investimento!

Razões para adotar a Classificação ABC de Estoque

Utilizar indicadores de estoque ajudam na tomada de decisões estratégicas, buscando aumentar o faturamento e o lucro da companhia. Na hora de empreender, fuja dos “achismos” e foque nos cálculos!

Na prática, como a Curva ABC de Estoque vai ajudar o seu negócio a crescer?

1. Oferta e demanda alinhadas

Ao montar a planilha para fazer a curva ABC, você sabe quais itens mais saem e quais dão mais lucro. Por exemplo, o Produto 3 tem uma grande procura, então, ele deve ser reposto sempre, afinal de contas, sai muito.

Já a mercadoria 1, que dá mais lucro, também não pode faltar! Calcule o estoque de segurança para ele e não arrisque perder dinheiro porque não tem o item.

2. Produção de informações relevantes

Conhecendo em detalhes o comportamento de cada item, você terá informações relevantes e inteligentes para outras situações, como o processo de compra e logística de envio, por exemplo.

Dessa forma, reduz a chance de ter algo parado no estoque ou de faltar embalagem para os produtos que mais saem.

3. Campanhas promocionais focadas

Em datas sazonais ou na hora de criar promoções, é preciso saber quais mercadorias tem maior ou menor saída para tomar decisões estratégicas.

Por exemplo, em uma promoção de queima total, o Produto 5, que tem pouca saída, pode receber um foco maior para zerar aquele estoque.

4. Redução de desperdícios

Produto parado é dinheiro perdido. Todos os empreendedores conhecem essa máxima. Porém, com a Curva ABC de Estoque esse problema pode ser minimizado.

Afinal de contas, se você já mapeou que o Produto 5 tem pouca saída, não vai investir na compra de muitos itens, certo? Essa mudança afeta a saúde financeira da empresa diretamente!

5. Mais agilidade no processo de entrega

Com a curva ABC e o conhecimento de quais produtos mais saem, é possível reduzir as etapas do processo de envio. 

Por exemplo, o Produto 3 e 4 são os mais vendidos, em quantidade. Sabendo disso, deixe eles em um local de fácil acesso e pré-embalados. Assim, fica mais rápido fechar o pacote, etiquetar e mandar.

Classificação de Estoque: erros que você deve evitar a todo custo

É claro que usar a curva ABC traz benefícios para o fluxo de caixa e o gerenciamento do negócio. Entretanto, é preciso estar atento, também, aos erros! Eles podem ser uma pedra no caminho e causar enormes prejuízos. Confira alguns deles:

Desconsiderar a validade das mercadorias

A curva ABC mostra quais itens menos saem, certo? Isso é ótimo, para não comprar mais produto do que o necessário. Porém, se você estiver lidando com mercadorias com validade curta, é preciso ainda mais atenção.

Portanto, na hora de fazer o estoque, lembre-se de considerar que, se aquilo não for vendido, ele vai estragar e causar prejuízo para sua empresa.

Não levar em conta a sazonalidade

Algumas categorias de produtos tem maior ou menor saída em determinados momentos do ano. Por exemplo, se você vende chocolate na sua loja, tem que se preparar para a Páscoa, quando acontece maior procura.

Uma dica para esses momentos é procurar o registro de vendas do ano anterior. Assim, é possível avaliar quais meses do ano tiveram maior demanda de determinado item.

Ignorar tendências de compra

Assim como a sazonalidade, as tendências vêm e vão. Fique atento ao que está acontecendo na concorrência e na mídia, pois um produto pode ter um aumento de procura nas próximas semanas e você precisa estar pronto.

Esquecer de fazer a revisão periódica da Curva ABC

Lembra que no início do texto falamos que, antes de fazer a planilha, é preciso delimitar um tempo de análise? Isso quer dizer que a curva que você identificou diz respeito àquele momento. Por isso, não esqueça de atualizar os dados de tempos em tempos, pois o cenário pode mudar.

Para simplificar e ajudar no processo, você pode fazer o download da Planilha de Controle de Estoque.

Dica: garanta mais agilidade e economia no processo de entrega

Usar a curva ABC de Estoque te ajuda a fazer compras mais assertivas com o fornecedor, organizar melhor o estoque e dar a devida atenção aos produtos que mais trazem lucro.

E falando em lucro e agilidade, você também pode ser mais assertivo na hora de enviar os itens. Com o Envio Fácil, não só o frete sai mais barato, como o processo de etiquetar e despachar as mercadorias fica mais rápido e seguro. Veja como:

  1. acesse o painel de controle do PagVendas e identifique a transação;
  2. após o pagamento aprovado, você já pode ativar o serviço do Envio Fácil;
  3. imprima a etiqueta, que já vem com todas as informações necessárias;
  4. vá até os Correios mais próximo e despache a mercadoria.

Envio Fácil: a solução de logística para o seu negócio!