Veja qual a importância da Curva ABC de Estoque para uma gestão eficiente

Resumo do texto

  • O que é a Curva ABC de Estoque e como ela funciona?
  • Veja como implantar a Curva ABC no seu estoque;
  • Evite erros comuns e reorganize esse processo com a ajuda da tecnologia.

Aproveite os recursos do PagVendas e otimize o seu estoque!

 

O sucesso de um empreendimento está diretamente relacionado com o seu estoque. E uma boa gestão de estoque é o que vai diferenciar empresários de sucesso dos amadores. E como você quer fazer parte do primeiro grupo, precisa conhecer uma metodologia de sucesso da gestão de estoque: a curva ABC.

Essa metodologia vai ajudá-lo a entender o que deve ser priorizado, qual deve ser o foco na sua logística e, como consequência, te ajudar a ganhar cada vez mais. É uma metodologia para auxiliar a escolher o que deve receber a sua atenção, o seu espaço e o seu dinheiro.

O que é a Curva ABC do Estoque?

A Curva ABC do Estoque é uma metodologia de classificação de itens de estoque. Ela se baseia no Princípio de Pareto ou regra 80/20, criada pelo economista italiano Vilfredo Pareto. A regra 80/20 diz que 80% dos efeitos se originam de 20% das causas; ou ainda, 80% dos resultados se originam de 20% das estratégias.

Amplamente utilizada em empresas, a Curva ABC de estoque permite a gestão eficiente de diversos tipos de armazenamento, separando os itens conforme sua importância e valor,  mesmo no caso das vendas de estoque zero.

Quando ela é utilizada?

O objetivo da curva ABC é otimizar a gestão de estoque, uma vez que ela é aplicada para identificar quais itens contribuem mais para o faturamento ou possuem maior movimentação, permitindo um giro mais eficiente

Ela ajuda a focar nos produtos mais relevantes, o que gera, indiretamente, um aprimoramento nos investimentos e esforços de gestão, permitindo a manutenção de um estoque de segurança mais rentável.

Como funciona a Curva ABC de Estoque?

A Curva ABC divide os itens de estoque em três categorias: A, B e C. Cada categoria representa os produtos de acordo com o preço de custo ou de venda de cada item. A classificação é feita com base na importância econômica deles:

Curva ABC

Classificação A

Itens da classe A têm a maior importância. Eles representam uma pequena porcentagem do estoque em termos de quantidade, mas contribuem com a maior parte do faturamento. Esses itens exigem monitoramento e gestão rigorosos.

Classificação B

Itens da classe B são de importância intermediária. Eles representam uma porcentagem moderada tanto em termos de quantidade quanto de valor. Esses produtos requerem uma gestão equilibrada.

Classificação C

Produtos da classe C têm menor importância econômica. Eles formam a maior parte do estoque em termos de quantidade, mas contribuem com a menor parte do valor em vendas. A gestão desses itens pode ser mais flexível.

Como essa metodologia evita o desperdício?

A metodologia da Curva ABC de Estoque é eficaz na redução de perdas porque permite a identificação dos produtos que têm maior impacto no seu faturamento e, portanto, demandam mais atenção. 

Ao focar nos itens da classe A, que geram mais receita, as empresas podem minimizar excessos e falta de estoque. Assim, evitam desperdícios financeiros e de recursos, mantendo um estoque otimizado.

Vantagens de adotar a Curva ABC de Estoque

Adotar a Curva ABC no gerenciamento de estoque traz diversas vantagens para as empresas, como:

  • Oferta e demanda alinhadas: permite ajustar o estoque às necessidades do mercado, evitando excessos ou falta de produtos;
  • Produção de informações relevantes: gera dados cruciais sobre os itens mais valiosos, auxiliando nas tomadas de decisão;
  • Campanhas promocionais focadas: direciona esforços de marketing para os produtos que mais impactam no faturamento;
  • Mais agilidade no processo de entrega: otimiza o processo logístico, garantindo rapidez nas entregas;
  • Auxilia o planejamento estratégico: fornece insights importantes para estratégias de negócios e planejamento de longo prazo.

Passo a passo para fazer uma Curva ABC de Estoque

Implementar a Curva ABC de Estoque é um processo estruturado. Siga estes passos:

  1. Liste os produtos do seu estoque: Anote todos os itens em detalhe;
  2. Calcule a representatividade da mercadoria: Determine o peso de cada produto nas vendas totais;
  3. Classifique em A, B ou C: Agrupe os itens conforme sua importância financeira;
  4. Organize os seus produtos: Disponha os itens de acordo com a classificação ABC;
  5. Centralize tudo em uma planilha: Mantenha todos os dados em um local único para facilitar o monitoramento e a atualização.

Erros que você deve evitar na organização de estoque

Evitar erros comuns na gestão de estoque é crucial para maximizar a eficiência e minimizar perdas:

Desconsiderar a validade das mercadorias

A gestão eficaz do estoque passa necessariamente pelo controle de validade dos produtos. Este aspecto é especialmente crítico para produtos perecíveis, em que o descuido pode levar a perdas significativas.

Gerenciar adequadamente as datas de validade evita desperdícios e assegura a qualidade dos produtos oferecidos ao consumidor. 

Portanto, é imprescindível manter um sistema de acompanhamento que garanta a rotação eficiente do estoque, priorizando itens que precisam ser vendidos ou utilizados mais rapidamente.

Não levar em conta a sazonalidade

A sazonalidade afeta significativamente a demanda por certos produtos em diferentes épocas do ano. Ignorar essa variação pode resultar em falta ou excesso de estoque. É essencial compreender os padrões de consumo dos clientes e planejar o estoque de acordo com esses ciclos. 

A capacidade de prever e adaptar o estoque às necessidades sazonais permite que a empresa maximize as vendas e reduza o acúmulo desnecessário de produtos, mantendo assim a eficiência e a rentabilidade.

Ignorar tendências de compra

As tendências de compra dos consumidores podem mudar rapidamente, motivadas por diversos fatores como novas tecnologias, influências sociais ou mudanças econômicas. Não acompanhar essas tendências pode resultar em estoque obsoleto ou insuficiente.

As empresas e seus gestores precisam estar atentos às mudanças de comportamento de compra e adaptar o estoque de forma proativa. Isso envolve análise contínua do mercado, feedback dos clientes e atualização dos produtos para atender às demandas emergentes.

Esquecer de fazer a revisão periódica da Curva ABC

A revisão regular da Curva ABC é fundamental para uma gestão de estoque eficaz. O mercado está em constante mudança e o que era relevante há alguns meses pode não ser mais agora. 

Por isso, revisar periodicamente a classificação ABC permite ajustes conforme as mudanças nas vendas e nos padrões de consumo.

Tudo isso garante que o estoque esteja sempre alinhado às necessidades atuais do negócio, evitando a superlotação de produtos pouco rentáveis e garantindo a disponibilidade dos itens mais importantes.

Facilite a gestão do seu negócio com o PagVendas!

O PagVendas é a ferramenta de automação comercial do PagBank que funciona como um aliado para a gestão empresarial. O melhor de tudo? É totalmente gratuito. As funcionalidades do PagVendas incluem:

  • Gerenciamento eficiente de produtos e estoque: mantenha seu estoque sempre atualizado e otimize a gestão de produtos;
  • Agendamento de horários: organize melhor o atendimento ao consumidor;
  • Simulador de ganhos e ajustes de preços: auxilia na definição estratégica de valores;
  • Gestão de vendas e contatos de clientes: mantenha um relacionamento próximo e eficaz com seus clientes;
  • Criação de loja online: expanda suas vendas para o ambiente digital;
  • Emissão fácil de notas fiscais: simplifique processos burocráticos;
  • ClubePag: atraia e fidelize clientes com programas exclusivos;
  • Relatórios detalhados de vendas: tome decisões informadas baseadas em dados concretos.

Além disso, o PagVendas já vem instalado na Moderninha Smart. Para os que utilizam outros modelos de maquininhas, o aplicativo está disponível para download em smartphones ou acesso via computador.

Venda tudo na sua curva ABC com o PagVendas!