Mercado de capitais: qual seu papel no universo dos investimentos?

Resumo do texto

  • Aprenda o que é o mercado de capitais e qual sua importância; 
  • Veja quais instituições fazem parte desse segmento e sua função;
  • Conheça alguns dos investimentos que podem ser feitos nesse mercado.

 

O termo mercado de capitais costuma aparecer bastante quando o assunto é investimentos. E, não é para menos, é a partir dele que acontecem as negociações de vários ativos, como as ações.

De maneira geral, podemos dizer que esse mercado conecta quem quer investir com quem precisa de recursos. Por isso, é muito importante entender como ele funciona e qual sua relevância.

Que tal entender melhor esse tema? 

Outros artigos que podem ser do seu interesse:

Descubra o que é o Mercado de Capitais

Afinal, o que é Mercado de Capitais?

O mercado de capitais, também chamado de Mercado de Valores Mobiliários, faz parte do Sistema Financeiro Nacional (SFN). Ele serve para conectar instituições que precisam de recursos (dinheiro) com quem quer investir, como pessoas físicas ou jurídicas.

É por meio desse mercado que acontecem as negociações de ativos, como Fundos Imobiliários, ETFs e ações. Ou seja, é no mercado de capitais que se compra e vende aplicações financeiras.

E para que todas as negociações aconteçam de forma segura, a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) trabalha para garantir que tudo esteja de acordo para proteger o investidor. Isso porque a CVM organiza o funcionamento da bolsa de valores, diminui a burocracia para investir e fiscaliza possíveis fraudes.

Qual a função do Mercado de Capitais?

O mercado de capitais conecta investidores a empresas que emitem títulos financeiros, sejam eles de renda fixa ou variável. 

Por exemplo, uma empresa precisa de dinheiro para realizar projetos. Uma das formas de captar esses recursos é emitindo debêntures que serão vendidas no mercado de capitais.

Do outro lado, existem pessoas que querem aplicar seu dinheiro e buscam novas opções para diversificar. Sendo assim, a função do mercado de capitais é unir empresas que querem captar recursos com pessoas que querem dar rentabilidade a suas economias. 

Conheça a Importância do Mercado de Capitais

O mercado de capitais no Brasil conta com ativos que atendem todos os perfis. Ele democratiza o acesso a aplicações financeiras para todos os investidores, independente do tamanho do patrimônio.

Mas, muito além de permitir que investidores se conectem com empresas que buscam captar recursos, o mercado de capitais é fundamental para o fortalecimento da economia nacional.

Quem faz parte?

Diversas instituições fazem parte do mercado de capitais e são responsáveis por garantir que toda negociação de compra e venda seja segura.

As principais são: 

  • B3 (Bolsa de Valores do Brasil): é o ambiente de negociações, ou seja, é ali que são comprados e vendidos fundos, ações, BDR, ETF e diversos outros ativos;
  • Corretoras e distribuidoras de valores mobiliários: executam todas as ordens de movimentação dos ativos. Também são chamadas de intermediários, pois conectam investidores com a B3;
  • Bancos e fintechs: também podem viabilizar operações de compra e venda de ativos na Bolsa;
  • CVM: órgão supervisor de todo esse mercado.

Confira os ativos negociados

De maneira geral, três categorias de investimentos são negociadas através desse mercado. Conheça as características. 

  • Ações: elas representam uma parte de uma empresa, então, ao comprar uma, você se torna dono de um pedacinho da companhia, como uma espécie de sócio e passa a ter direito a uma parte dos ganhos da empresa;
  • Fundos Imobiliários: investimento feito pela Bolsa de Valores onde o investidor aplica em ativos imobiliários. Nesses fundos você não compra um imóvel, mas se junta a outros investidores para aplicar uma quantia em diversas operações do setor imobiliário para buscar um bom rendimento;
  • Debêntures: investimentos de renda fixa emitidos por empresas e negociados no mercado de capitais. Elas são como empréstimos que o investidor faz para companhias que, depois, devolvem o dinheiro com juros. Embora sejam negociadas no mercado de capitais, esse tipo de investimento é diferente das ações adquiridas na bolsa de valores.

Saiba como investir no Mercado de Capitais e diversificar sua carteira!

Pronto para começar a investir no mercado de capitais e diversificar suas aplicações? Então baixe o super app PagBank e conheça as opções disponíveis. 

Por meio do Home Broker PagBank você pode investir em ações e fundos imobiliários.

Para começar é muito simples, basta seguir os passos a seguir:

  1. no Menu Principal, acesse a opção Produtos e Investimentos;
  2. clique em Aplicar meu Dinheiro;
  3. confira as opções de Renda Variável;
  4. aloque dinheiro (mande o dinheiro para o Home Broker)
  5. faça sua escolha e clique em Investir.
  6. pronto! A ordem de compra será feita, é só acompanhar a aplicação pelo celular.

Baixe grátis o super app PagBank, abra uma conta e comece hoje mesmo a investir!

Conheça os investimentos disponíveis no PagBank!

“Este canal tem como única intenção fornecer um panorama sobre as diferentes categorias de produtos de investimentos disponíveis no mercado. Os conteúdos não têm o objetivo de oferecer análise de valores mobiliários ou recomendações de investimento, considerando que os produtos apresentados podem não ser adequados aos objetivos, situação financeira ou necessidades individuais de cada usuário. O PagSeguro PagBank se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que decorram da utilização de seu conteúdo, bem como por eventuais informações fornecidas por terceiros, que não expressam a opinião do PagSeguro PagBank. As projeções e preços apresentados estão sujeitos a variações e as informações podem não estar atualizadas no momento exato da consulta do material. Antes de tomar qualquer decisão, é recomendado que o leitor busque orientação financeira independente e leia atentamente os materiais técnicos relativos a cada produto.”