ETF: aprenda o que é e descubra as vantagens desta aplicação

Resumo do texto

  • Aprenda o que é um ETF e como esse investimento funciona;
  • Descubra quais são as vantagens desta aplicação;
  • Veja como investir em fundos com o Home Broker PagBank.

Invista na Bolsa de Valores com o PagBank!

 

Você já ouviu falar em ETFs (Exchange Traded Funds)? Eles são aplicações feitas na bolsa de valores com um bom potencial de retorno! O nome pode até ser complicado, mas o investimento é bem simples.

Seu funcionamento é parecido com os fundos de ações, a diferença é que a aplicação é feita diretamente na B3, através de um Home Broker.

Fique por dentro desse investimento e aprenda o que é um ETF, quais as vantagens e descubra como fazer sua primeira aplicação.

Artigos que podem ser do seu interesse:

O que é ETF?

Também chamados de fundos de índice, os ETF, sigla para “Exchange Traded Fund”, são fundos de investimento negociados na B3. Esses fundos usam como referência algum índice da Bolsa de Valores (como o Ibovespa) ou outros indicadores econômicos atrelados a sua rentabilidade. 

Os ETF aplicam o dinheiro em ações e vários outros ativos da bolsa, como renda fixa e até mesmo criptomoedas! Assim como em todos os fundos, os ETF contam com a gestão de um especialista, que é quem escolhe quais investimentos serão feitos.

De maneira geral, podemos dizer que esse investimento busca reproduzir o resultado de um índice. Então, se um índice sobe, o ETF também sobe, e vice-versa.

O ETF é como uma “cesta de compras” composta por diversos produtos que podem ser de renda fixa ou de renda variável. Veja como funcionam os dois tipos de fundos de índice. 

ETF de Renda Variável

São ETFs compostos por ações, moedas e commodities, que correspondem a um índice de referência reconhecido pela CVM, como Ibovespa ou IFIX.

ETF de Renda Fixa

Esses ETFs tem como objetivo reproduzir as variações dos preços de títulos de renda fixa, como os do Tesouro Direto, e a rentabilidade de índices de renda fixa.

Saiba como funciona o retorno dos ETFs

Não é possível ter uma previsão do quanto a aplicação irá render, porém, o investidor pode ter lucro caso as cotas do ETF se valorizem.

Podemos dizer que  maneira de conseguir retorno com essa aplicação é vendendo suas cotas quando você achar que o ETF está valorizado.

Alguns desses fundos contam com ações que pagam dividendos, ou seja, distribuem uma parte do lucro para os acionistas. No caso dos ETFs, esses dividendos ficam com o gestor do fundo, que reinveste esse lucro visando aumentar ainda mais a valorização do produto. 

Vantagens de investir em ETF

A aplicação em fundos tem se popularizado. Isso acontece porque eles são um investimento simples de se fazer e dão a oportunidade de ter vários produtos na carteira através de uma única aplicação. 

Além disso, a gestão profissional é uma “mão na roda” para aqueles que não querem ficar selecionando diversos investimentos, já que esse especialista é o responsável pela escolha.

Como os ETF seguem a mesma ideia de qualquer fundo de investimento, eles são opções bem interessantes para aplicar seu dinheiro. Veja abaixo algumas vantagens.

  • Praticidade: basta escolher um ETF e você estará aplicando em um grupo de investimentos de uma só vez;
  • Baixo custo: como é necessário fazer apenas uma aplicação, as taxas são bem menores do que comprar diversas ações separadas. Além disso, o investimento inicial também é baixo. Com pouco mais de R$150 já é possível investir em bons ETF;
  • Diversificação: os ETF são uma boa opção para diversificar seus investimentos com renda variável com somente uma aplicação;
  • Carteira Internacional: como alguns ETFs replicam índices das Bolsas de Valores de outros países, eles são uma forma de investir de maneira internacional, sem precisar abrir conta em bancos ou corretoras de outros países.

Quais os custos para investir em ETF?

Assim como em outros tipos de investimentos, os ETF contam com alguns custos.

O principal é a taxa de administração, que serve para pagar pelo trabalho da equipe de gestão do fundo. Ela é apresentada na hora da contratação e aparece como a porcentagem anual de aproximadamente 0,5% ao ano. 

Em alguns casos, pode haver a taxa de corretagem, que é um valor cobrado pelos bancos e corretoras por fazer o intermédio da negociação. Em algumas instituições, como o PagBank, essa taxa não é cobrada.

Também existem as taxas da B3, que são valores pagos para a bolsa de valores pela custódia e também quando uma operação é realizada.

Por fim, os ETF estão sujeitos ao Imposto de Renda. Os ETF de renda variável contam com alíquota de 15% sobre a rentabilidade, independente do prazo. Diferente das ações que têm a isenção de IR para movimentações menores que R$20 mil no mês.

As ETF de renda fixa, a alíquota pode variar entre 15%, 20% ou 25%, já que a tributação é de acordo com o tempo que o investidor manter a aplicação. Funciona assim:

Deslize para mais informações
Duração do investimento Alíquota do IR
até 180 dias 25%
entre 181 e 720 dias 20%
acima de 720 dias 15%

Outro ponto muito importante é que o cálculo do imposto dos ETF e emissão da guia é de responsabilidade do investidor.

Como investir em ETF pelo PagBank?

Através do Home Broker do PagBank é muito mais fácil investir em Renda Variável, a plataforma é totalmente online e ali é feita a compra, venda e o acompanhamento dos seus investimentos em ETF!

Para te ajudar a começar seus investimentos em renda variável, o PagBank tem um presentão: quatro operações grátis por mês, ou seja, será possível realizar quatro compras ou vendas de ativos com taxa de corretagem zero mensalmente. Assim, só é necessário pagar a taxa da B3.

Feitas essas quatro operações, as taxas do Home Broker do PagBank serão as seguintes:

  • R$ 2,99 na modalidade swing trade: nesse tipo, é possível fazer a compra de uma ação na B3 e vender em questão de dias, semanas ou meses;
  • R$ 1,99 na modalidade day trade: nesta categoria a ação é comprada na B3 e vendida no mesmo dia.

Para começar é muito simples, basta seguir os passos a seguir:

  1. no Menu Principal, acesse a opção Produtos e Investimentos;
  2. clique em Aplicar meu Dinheiro;
  3. confira as opções de Renda Variável;
  4. aloque dinheiro (mande o dinheiro para o Home Broker)
  5. faça sua escolha e clique em Investir.

 Pronto! A ordem de compra será feita, é só acompanhar a aplicação pelo celular.

Invista na Bolsa de Valores com o PagBank!

“Este canal tem como única intenção fornecer um panorama sobre as diferentes categorias de produtos de investimentos disponíveis no mercado. Os conteúdos não têm o objetivo de oferecer análise de valores mobiliários ou recomendações de investimento, considerando que os produtos apresentados podem não ser adequados aos objetivos, situação financeira ou necessidades individuais de cada usuário. O PagSeguro PagBank se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que decorram da utilização de seu conteúdo, bem como por eventuais informações fornecidas por terceiros, que não expressam a opinião do PagSeguro PagBank. As projeções e preços apresentados estão sujeitos a variações e as informações podem não estar atualizadas no momento exato da consulta do material. Antes de tomar qualquer decisão, é recomendado que o leitor busque orientação financeira independente e leia atentamente os materiais técnicos relativos a cada produto.”

  • Tags