O que é capital de giro e como calcular? Confira a importância para a sua empresa!

Resumo do texto

  • Aprenda a calcular o capital de giro da sua empresa;
  • Descubra quais áreas da empresa que influenciam diretamente no capital de giro;
  • Veja algumas ações que ajudam a manter o controle financeiro da empresa em dia.

Conheça o PagVendas!

 

O número de empreendedores no Brasil vem crescendo ano após ano. Segundo o Sebrae, em 2020 houve recorde nos números de pessoas que estão começando seu próprio negócio.

Mas, para que esse negócio não acabe nos primeiros anos, é preciso planejamento e organização. E tudo isso inclui saber o capital de giro e o que esse cálculo significa para a saúde financeira  do seu negócio.

Boa leitura!

Artigos que podem ser do seu interesse:

capital de giro - o que é

O que é capital de giro?

De forma direta, o capital de giro de uma empresa é o valor necessário para que um negócio funcione. Esse capital pode ser calculado de diferentes formas, porém é importante que tudo possa ser revertido em dinheiro nos próximos 12 meses.

Esse número pode fazer parte de diferentes categorias, como dinheiro em caixa, saldo a receber, produtos em estoque e investimentos de curto prazo. É com isso que a empresa pode exercer suas atividades e “girar” o caixa.

A fórmula para o cálculo é a seguinte:

Capital de giro = ativo circulante – passivo circulante

O ativo circulante é tudo que pode se tornar dinheiro nos próximos 12 meses, como produtos em estoque, mobiliário de loja física e vendas a prazo. Já o passivo, é o que precisa ser pago, como dívida com fornecedor, parcelas de empréstimos e aluguel do espaço. Ou seja, é aquilo que temos menos o que precisamos pagar.

Vantagens de saber o capital de giro da sua empresa

Saber quanto precisa para manter as contas da empresa em dia é essencial para ter o controle financeiro do negócio.

Conhecer o capital de giro da empresa, além de ajudar na organização do negócio, permite fazer uma avaliação baseada em cálculos, rentabilidade e viabilidade da empresa. Ou seja, se você ganha o que precisa para fazer o negócio funcionar.

Capital de giro para empresas: problemas que podem ser evitados quando não existe gerenciamento

Manter o controle do capital de giro na empresa é muito importante, pois te afasta do  endividamento, que é o resultado do descontrole das contas. Quando gastamos mais do que recebemos, podemos, mais a frente, chegar à falência. 

Além disso, manter a saúde financeira em dia, deixa seu negócio preparado para lidar com fatores externos, que não temos controle. Por exemplo, com uma reserva de emergência em dia, você está pronto para lidar com uma alguma manutenção ou quebra de equipamentos.

Áreas de atuação para manter um ciclo de capital de giro saudável

Algumas áreas precisam estar em foco para que esse ciclo de capital de giro se mantenha saudável. Veja quais.

Controle de matéria-prima

Para que a produção não pare, é preciso saber o tempo de reposição da matéria-prima para que o ciclo do capital de giro, ou seja, a compra de insumos e a venda do produto, se mantenha sempre funcionando.

Planejamento

Assim como controlar a matéria-prima é essencial, as etapas de pedido de fornecedor, envio de produto e embalagem precisam, também, estar em dia. Mantenha o controle para reduzir riscos e se preparar para eventuais imprevistos.

Vendas

Quanto antes um produto for vendido, mais rápido o dinheiro entra na empresa e volta a circular. Mantenha o controle das vendas para entender se a produção está dando conta da saída ou se está acumulando produto no estoque. Com essas informações, faça o  ajuste para atingir o equilíbrio.

Escolher entre vendas à vista ou a prazo faz parte dessa etapa. Quando o cliente paga em parcelas longas, o valor demora para chegar ao caixa novamente. Se o seu negócio trabalha com essa opção, saiba que o retorno do investimento será a longo prazo.

Cobranças

Não adianta todas as etapas estarem bem planejadas se o dinheiro não chega ao caixa. É preciso ter uma política de cobranças eficiente focada em manter o ciclo do capital de giro. Seja fornecedor, devedor ou cliente, defina um tempo máximo para pagamento e se atenha a essa data, assim, você não afeta o ciclo interno da sua empresa.

Com o PagVendas, é possível gerenciar as vendas fiado do seu negócio, gerenciando quem deve pagar, quanto e quando. Além de facilitar o processo, você já sabe quanto vai ter em caixa.

Como administrar o capital de giro da sua empresa no dia a dia

Veja o que fazer para manter o controle do capital de giro no dia a dia.

Analise custos e despesas fixas e variáveis

Faz um levantamento com  todos os seus custos e despesas. Com isso em mãos, corte tudo que não for necessário. Qualquer mudança precisa ser anotada para saber quanto precisa ter em caixa por mês.

Mantenha a disciplina

O controle das despesas precisa ser implacável. Se for necessário usar parte da reserva de emergência ou adiantar algum pagamento, reponha imediatamente. São essas pequenas “bobeiras” que podem acabar com a saúde financeira da empresa.

Negocie as formas de pagamento

Procure estender o máximo possível o pagamento aos fornecedores, assim, você recebe o produto, vende e já possui o valor para quitar. Escolha o pagamento à vista apenas se o desconto for grande e se couber no seu capital de giro.

Já com os clientes, a busca é oposta. Procure acelerar os recebimentos. Mas cuidado! Em alguns casos, o adiantamento de recebíveis pode gerar altas taxas. Faça os cálculos para não prejudicar o seu fluxo de caixa.

Como otimizar o controle financeiro do meu negócio?

Para manter o capital de giro em dia é importante trabalhar com as informações diárias do seu negócio, como, por exemplo, quando o valor da venda estará disponível, quanto tem no caixa e qual produto está no estoque.

Tudo isso e muito mais, é possível fazer com o PagVendas. O aplicativo tudo em um capaz de agilizar tarefas como:

  • controle de frente de caixa em tempo real;
  • registro e controle de produtos;
  • gestão de estoque;
  • controle de contatos de clientes;
  • gerenciamento das vendas, inclusive vendas fiadas;
  • criação de Loja Online;
  • emissão de notas fiscais;
  • extração de relatórios de vendas.

Clique aqui e conheça o PagVendas!