Como oferecer delivery no seu negócio? Entenda tudo!

Resumo do texto

  • Saiba quais são os primeiros passos para criar um serviço de delivery no seu negócio;
  • Entenda cada etapa para começar as entregas;
  • Descubra como organizar e gerenciar suas entregas com o Pede Fácil.

Conheça o Pede Fácil

O delivery cresceu muito em 2020. Esse crescimento no setor de entregas tem duas razões bem evidentes. A primeira é a pandemia, que trouxe muitas mudanças para os hábitos de consumo e para as formas de trabalho.

Quem trabalhava apenas com vendas presenciais, precisou adotar o delivery para seguir vendendo e manter os clientes. E quem já fazia entregas, precisou redobrar a frota para dar conta de todos os pedidos. O segundo motivo tem relação com os clientes, que estão cada vez mais dispostos a fazer compras sem sair de casa.

Atualmente, o delivery se apresenta como uma solução muito interessante para todos os tipos de negócio, que querem abrir novas frentes de venda e, ao mesmo tempo, conquistar clientes na base das chamadas vendas confortáveis.

Resumindo: você precisa de um delivery para vender mais e melhorar seus resultados. E hoje nós vamos mostrar para você que criar seu próprio delivery não é um bicho de sete cabeças (e pode ser grátis!), acompanhe.

O que fazer para criar um delivery?

O delivery dá oportunidade para seu negócio faturar mais, porém, ele precisa ter uma boa estrutura, a fim de ser prático para o cliente e eficiente em todas as entregas. Veja agora quais pontos precisam da sua atenção!

Escolha os canais de venda

O primeiro passo é definir como você vai vender e como vai oferecer o delivery. Vamos usar o exemplo de uma pizzaria. Se você mandar um e-mail pedindo uma pizza, é provável que você não receba seu pedido, isso porque é comum as pizzarias utilizarem o telefone como canal de vendas para o delivery e não o e-mail.

Seu negócio precisa fazer a mesma definição. Escolha quais são as formas que seus clientes podem usar para fazer os pedidos. Aqui você tem a opção de contar com o telefone e outros meios de comunicação, como WhatsApp, redes sociais e até mesmo um site.

Essa definição é importante para não deixar o cliente perdido e sem saber qual é o canal certo para entrar em contato com seu negócio.

Quer entender mais sobre os canais de venda? Clique aqui!

Dê estrutura e agilidade para esses canais

Você conhece alguma pizzaria que tem só um número de telefone? É provável que não. E sabe por quê? Porque se a linha estiver ocupada ninguém mais pede e a pizzaria deixa de vender.

Se você faz vendas por telefone, é importante oferecer mais de uma linha, e se você vende pela internet não é preciso ter dois perfis no Facebook e nem dois WhatsApps só para o seu negócio, porém, será necessário acompanhar tudo com bastante agilidade, para não deixar ninguém esperando o seu retorno.

Faça o famoso desenho de processo

Desenhar um processo de venda nada mais é do que pensar como o produto sai do seu estoque e chega até o cliente. O delivery pede esse desenho, afinal, você está criando um novo jeito de trabalhar, e para que ele já comece dando resultado, precisa começar organizado.

Tire um momento para pensar nessa estrutura e avalie pontos como:

  1. Por onde chegam os pedidos;
  2. Como você vai organizar esses pedidos e ordená-los para as entregas;
  3. Quem vai ficar responsável por essa organização;
  4. Como serão anotados e registrados todos os pedidos;
  5. Quem vai entregar;
  6. Como você vai organizar as entregas.

E não se esqueça que essa organização não pode ficar dentro da sua cabeça, ela precisa ser repassada e treinada com os funcionários.

Defina o mix de produtos

Se você vai fazer entregas usando o delivery com um motoboy e sua loja vende artigos de decoração, fica evidente que não será possível entregar um espelho de 2 metros de altura ou tampo de mesa feito de mármore.

Você precisa definir quais produtos podem ser vendidos com entrega. Essa definição passa pelas limitações do veículo de entrega e também pela fragilidade e conservação dos produtos. Nem todo tipo de mercadoria casa muito bem com as entregas de moto, e para não frustrar seu cliente, deixe bem claro qual é o mix de produtos que estão disponíveis para delivery.

Atenção total com a equipe de entregas

Se você pretende fazer 50 vendas para entrega via delivery por dia, talvez apenas um entregador não dê conta do recado. É preciso ter muita atenção com esse ponto, afinal, se a entrega não for ágil, seu cliente vai buscar a concorrência.

Você pode até começar pequeno enquanto seu delivery se desenvolve, mas não dá pra deixá-lo muito limitado, caso contrário, seus entregadores ficarão sobrecarregados e qualquer imprevisto irá gerar um impacto enorme na produtividade.

Divulgue

A sua novidade não vai se espalhar sozinha. Aproveite seus perfis em redes sociais (e outros canais de comunicação que você achar interessante) para divulgar que agora seu negócio também faz entregas.

A forma como as pessoas reagiram à novidade (especialmente nas redes) vai te ajudar a ter uma pequena noção sobre os primeiros volumes de pedidos. Digamos que você tem uma página no Facebook com 2 mil seguidores e faz uma postagem avisando sobre o início das entregas.

Se você receber 200 comentários diferentes de pessoas entusiasmadas com a notícia, isso é sinal de que seu delivery já pode começar com um alto volume de pedidos, portanto, essa divulgação contribui para a dica anterior, que é justamente ligada às preocupações com as entregas e como dar conta de todas.

Escolha como você vai entregar

Delivery não é tudo igual. Você precisa escolher qual será a forma de atendimento. As três mais comuns são:

  • Delivery tradicional: o cliente faz e recebe o pedido em casa;
  • Take away ou retirada: o cliente faz o pedido em casa e retira na loja;
  • Drive Thru: o cliente faz o pedido em casa ou em frente à loja e retira sem nem precisar descer do carro.

Defina antes de vender, e deixe bem claro ao cliente como seu delivery funciona. Isso vai evitar confusões e frustrações.

Gerenciando seu delivery

Todos os pontos acima são importantíssimos para tirar seu delivery do papel. Mas todos os esforços só irão resultar em algo positivo se você gerenciar o delivery com qualidade. Isso não precisa ser feito com pilhas e mais pilhas de papel, notas fiscais e nem planilhas de controle.

Você pode fazer tudo contando com uma boa ajuda da tecnologia. E agora vamos apresentar uma solução prática e econômica para o controle do delivery e para que você faça as vendas usando esse tipo de serviço: chegou a hora de conhecer o Pede Fácil.

O Pede Fácil é o nosso sistema para você organizar seu delivery de maneira simples. Ele atua nas quatro principais frentes de um delivery, que são:

  1. Entregas;
  2. Controle logístico;
  3. Organização do mix de produtos;
  4. Vendas online.

Veja como o Pede Fácil consegue fazer seu delivery ser lucrativo, sustentável e eficiente.

Entregas

Você pode monitorar o andamento de cada pedido, acionar os entregadores para que eles venham buscar uma nova remessa e contabilizar todos os pedidos feitos. Se você não tem uma equipe de entregas, o Pede Fácil também resolve esse problema para seu negócio.

Controle logístico

Com o Pede Fácil você pode controlar toda a logística, desde o momento em que o cliente pede até a chegada do entregador na casa dele. Com isso, você consegue analisar o trajeto feito pelo entregador e controlar o tempo envolvido em cada pedido.

Organização do mix de produtos

Um dos destaques do Pede Fácil é o Menu Digital. O Menu Digital é uma página da internet onde você organiza os produtos que são vendidos por delivery, adicionando descrição e imagens para eles, montando um verdadeiro cardápio profissional.

Essa página pode ser compartilhada com seu cliente por meio de um QR Code. Ao escanear o QR Code, seu cliente vai encontrar seu cardápio virtual, que terá uma apresentação incrível e um visual bem profissional.

E como o cardápio é acessível também por QR Code, você pode colocar esse código em diversos lugares, como:

  1. Na frente do seu estabelecimento;
  2. Na caixa do pedido do cliente;
  3. Em panfletos;
  4. Em uma postagem nas redes sociais;
  5. No seu cartão de visitas.

Clique aqui e saiba mais sobre o Menu Digital do Pede Fácil

Pagamento online

Cada vez mais as pessoas estão optando pelo pagamento online. Antes, era comum se deparar com clientes que pediam para o entregador levar a maquininha, pois ainda não havia o débito online (e todas as vendas pela internet com delivery eram feitas via crédito). Com a expansão do débito online e com a chegada do Pix, mais e mais clientes preferem deixar seus pedidos pagos antes da entrega.

O Pede Fácil oferece a você a possibilidade de vender online, tudo diretamente pelo Menu Digital. O cliente escolhe o produto e depois é redirecionado para o checkout, que conta com todos os processos de segurança mais modernos e eficazes.

Tire seu delivery do papel com o Pede Fácil!

Com Pede Fácil você consegue estruturar o seu delivery e não precisa pagar nada, nem mensalidade. Sim, diferente de outros apps de delivery, nós respeitamos a sua margem de lucro.

Não cobramos taxas por pedido, assim você não precisa vender mais caro, algo que é comum dentre os estabelecimentos que usam com outros aplicativos para suas entregas.

O serviço está disponível para todos os clientes PagSeguro que desejam fazer entregas e ampliar a frente de atuação do seu negócio, então, se você sempre sonhou em ter um delivery à disposição dos seus clientes, chegou o momento!

A Era do Delivery já começou, e seu negócio não deve ficar para trás nessa tendência.

Conheça já o Pede Fácil!