Resumo do texto

  • Está pensando em investir mas não tem muito dinheiro sobrando? Saiba que isso não te impede de se tornar um investidor;
  • Ao contrário do que muita gente pensa, é possível aplicar pouco dinheiro em bons produtos financeiros;
  • Conheça no post de hoje algumas opções para investir com pouco dinheiro.

Baixe já o super app PagBank!

 

Quando você ouve a palavra investidor, o que surge na sua mente? Uma pessoa cheia de dinheiro e que fica o dia todo no telefone comprando e vendendo ações? Bom, alguns até podem ser desse jeito, porém, saiba que hoje em dia não é preciso ter muito dinheiro sobrando para investir.

No texto de hoje nós vamos quebrar o mito de que é preciso ter muito dinheiro disponível para investir. Aproveite para descobrir também como você pode se tornar um investidor hoje mesmo!

Uma dica: baixe já o super app e conheça todos os CDBs PagBank!

Preciso de muito dinheiro para começar a investir?

A resposta é não! Atualmente, você pode começar a investir com R$500 em CDBs PagBank, por exemplo. Mas, antes de falarmos mais sobre isso, vale a pena ressaltar que os investimentos se dividem em dois grandes grupos:

  1. Investimentos de renda fixa;
  2. Investimentos de renda variável.

Enquanto a renda fixa oferece mais segurança e rentabilidade garantida, a renda variável, oferece a oportunidade de ganhar mais em menos tempo — porém, com muito mais riscos de perda.

De modo geral, ambos são acessíveis. Alguns precisam de mais dinheiro para começar, porém, existem opções que cabem em qualquer bolso e conseguem se alinhar a muitos objetivos.

Qual é a melhor opção para investir?

A escolha entre a renda fixa e renda variável depende muito do seu perfil e da sua disposição a correr riscos. Quem é mais arrojado e não tem medo de perder para ganhar mais, pode aproveitar melhor a renda variável. Contudo, se você quer mais segurança do que lucro, a opção mais adequada é a renda fixa.

Outra opção é mesclar os dois tipos de investimentos, assim, você não deixa todo o seu dinheiro em aplicações de alto risco. É interessante investir um pouco em produtos de renda fixa e um pouco em produtos de renda variável e criar uma rotina de poupar para conseguir investir constantemente.

Como investir com pouco dinheiro?

Investir não é exclusividade de quem tem muito dinheiro. Existem opções econômicas de aplicação e até algumas que não exigem valor mínimo inicial, como a conta PagBank. Veja alguns exemplos:

1. Conta com rendimento

Contas com rendimento são investimentos práticos e acessíveis. Apesar de não se parecerem com os outros investimentos, o dinheiro depositado ali gera rendimentos.

Vamos usar a conta PagBank como exemplo. Ela rende 68% mais que a poupança de acordo com CDI, portanto, é uma boa opção para deixar o dinheiro guardado. Além disso, seu dinheiro rende um pouco todos os dias enquanto ele estiver na conta PagBank!

Para entender o que é esse tal de CDI, clique aqui!

Além do rendimento, a conta PagBank oferece recursos práticos, como:

  1. Pagar compras usando QR Code;
  2. A possibilidade de contar com o Cartão da Conta e o Cartão Pré-Pago;
  3. TEDs e grátis e ilimitadas;
  4. Recarga de celular;
  5. O PagBank Saúde, um serviço inovador para você cuidar da sua saúde e de toda a sua família;
  6. Acesso aos CDBs PagBank.

Abra uma conta grátis no PagBank!

2. Poupança

A poupança é outro tipo de investimento que não exige valor mínimo de aplicação. Você pode ir colocando dinheiro aos poucos em uma caderneta, sendo que o rendimento é calculado a cada 30 dias após o depósito — diferente do CDB, que é calculado todos os dias.

Durante muito tempo a poupança foi o investimento mais prático e seguro, e que contava com uma rentabilidade interessante. Hoje, a realidade é bem diferente. Os cortes de juros impactam a taxa Selic, que é usada para calcular o rendimento das poupanças e com isso, a rentabilidade está muito baixa.

A poupança deixou de ser uma opção interessante. Além de render pouco, qualquer retirada impacta no cálculo do rendimento. É muito mais vantajoso deixar seu dinheiro em outras aplicações, como o CDB PagBank com Liquidez Diária, que é ideal para montar uma reserva de emergência.

Confira também este conteúdo aqui e entenda de forma prática porque a poupança não é mais uma boa opção para o seu dinheiro.

3. CDB

Os CDBs são opções acessíveis para quem quer investir em renda fixa. A grande maioria dos CDBs têm sua rentabilidade calculada sobre uma porcentagem do CDI.

No caso dos CDBs PagBank, são várias opções de rentabilidade. Entretanto, diferente da conta PagBank ou de uma poupança tradicional, os CDBs precisam de um investimento mínimo inicial.

Em alguns bancos o valor mínimo para começar a investir pode ultrapassar a casa dos mil reais, mas fique tranquilo! Aqui no PagBank têm opções para aplicar a partir de R$500 e com o mínimo de risco.

Falando em riscos, os CDBs PagBank são aplicações altamente seguranças. O risco de desvalorização não existe e você conta com a proteção do Fundo Garantidor de Crédito (FGC), que atua para assegurar os investidores.

Além disso, é importante consultar o Índice de Basileia, um indicador que avalia a capacidade das instituições financeiras em pagar suas dívidas — e o PagBank tem uma excelente nota!

Para conferir os nossos CDBs, basta acessar o super app PagBank. Pela tela do celular você controla a sua conta e também todos as aplicações que você fizer.

Clique aqui e conheça mais sobre todos os modelos de CDB do PagBank.

4. Tesouro Direto

O Tesouro Direto é um programa criado pelo Tesouro Nacional para pessoas físicas investirem em títulos públicos, ou seja, títulos do governo. Quem compra esses títulos públicos está, na prática, emprestando dinheiro ao governo em troca de rentabilidade.

Eles são investimentos de renda fixa e podem ser feitos com valores baixos. Mas, diferente dos CDBs, o Tesouro Direto não tem garantia do FGC. Quem dá as garantias é o próprio Governo Federal.

5. Bolsa de Valores

Não é preciso ter muito dinheiro disponível para investir na bolsa. Existem ações de grandes companhias a preços acessíveis, porém, uma coisa é fato: as ações que mais rendem são também as mais caras.

Com pouco dinheiro você consegue investir em ações de empresas menores ou que estão em baixa. Contudo, o risco é grande, já que a valorização do seu investimento vai depender das oscilações do mercado e até do bom desempenho da empresa no mercado.

O risco de perda na bolsa é alto e precisa ser levado em consideração. Do dia para noite você pode ganhar muito, mas também pode perder muito. Por essa razão, investimentos na bolsa são recomendados para pessoas mais experientes e que desejam arriscar um pouco mais.

Dentro da renda variável, que inclui a bolsa de valores, apesar das altas e baixas, é comum ter crescimento a longo prazo. Em momentos de crise e instabilidade, pode ser que você passe alguns meses ou até anos deixando seu investimento parado, até as aplicações recuperarem sua cotação e voltarem a valorizar.

Então, para diminuir o risco de perda, o investidor da bolsa precisa ter paciência e dinheiro na reserva.

Conhecimento é o caminho para se dar bem com seus investimentos

O melhor investidor não é aquele que tem mais dinheiro, mas sim, que sabe muito bem onde colocar cada centavo. Ter sucesso com investimentos vai exigir de você um pequeno esforço para conhecer mais sobre os tipos de aplicações e suas vantagens e desvantagens.

Vale a pena acompanhar as notícias sobre economia para entender quais produtos financeiros estão em alta e quais estão em baixa (como a poupança).

E quando o assunto é renda fixa, os CDBs PagBank são as opções mais práticas e seguras, especialmente para quem está começando a fazer suas primeiras aplicações.

Se você quer começar a investir ainda hoje, baixe o super app PagBank e descubra todas as vantagens de cuidar do seu dinheiro e fazer investimentos em um banco completo, grátis e que está na palma da sua mão.

Clique aqui e baixe o super app PagBank!